Explosão provocada por homem-bomba mata pelo menos 19 pessoas em escola do Afeganistão

Outras 27 pessoas ficaram feridas no atentado

O Liberal

Um atentado provocado por um homem-bomba matou pelo menos 19 pessoas e deixou outras 27 feridas no Afeganistão. A explosão ocorreu em uma escola de Cabul, capital do país, localizada na região de Dasht-e-Barchi, onde residem principalmente membros da comunidade Hazara. As informações são do Estadão.

[twtter=1575727160672796674]

Vários vídeos compartilhados nas redes sociais mostraram o cenário de destruição minutos após a ação terrorista.

Segundo o porta-voz da polícia, Khalid Zadran, os alunos estavam se preparando para um exame quando o homem-bomba atingiu o centro educacional. “Infelizmente, 19 pessoas foram martirizadas e outras 27 ficaram feridas”, declarou.

VEJA MAIS

Explosão mata 46 pessoas em mesquita no Afeganistão
Atentado foi provocado por homem-bomba

Explosão em mesquita no Afeganistão mata 18 pessoas, incluindo clérigo pró-Talibã
Este último ataque é o que fez mais vítimas fatais após a explosão em uma mesquita em Cabul matar 21 pessoas no mês passado

Explosão mata pelo menos 21 pessoas e deixa 33 feridas no Afeganistão
A explosão ocorreu durante a noite, no momento em que o templo estava lotado de fiéis fazendo orações

A responsabilidade pelo atentado não foi reivindicada por nenhuma formação ou grupo terrorista até o momento, embora o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) - o principal rival do Talibã desde a tomada do Afeganistão em agosto de 2021 - tenha tradicionalmente essa minoria na mira.

Para o EI, os xiitas são apóstatas - pessoa que renuncia ou renega uma crença ou religião da qual fazia parte. O grupo terrorista realizou vários ataques contra eles, especialmente visando locais de culto, como mesquitas.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO