Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cinco crianças morrem após comerem macarrão instantâneo

O novo caso aconteceu dias depois de duas crianças e um bebê de seis meses morrerem depois de consumirem o alimento

O Liberal

Um caso de cinco crianças que morreram após ingerir macarrão instantâneo vem sendo investigado em Mpumalanga, na África do Sul. As novas vítimas foram dois irmãos, um de 9 e outro de 13 anos, que consumiram o alimento dias depois das antigas mortes. As informações são do Metrópoles.

Segundo a avó das crianças, Winnie Makofane, os netos saíram para o ponto de ônibus e minutos depois um deles retornou correndo para relatar que a irmã havia desmaiado. A avó levou a menina para uma clínica, mas a criança já estava morta. O seu irmão voltou para casa e aguardou uma amiga da avó chegar para cuidar dele e do seu irmão mais novo, de 2 anos, mas ao chegar em casa, a mulher encontrou o menino no chão. "Ela nos notificou imediatamente. O tio voltou para casa, pegou Keamoketswe e também correu com ele para a clínica, mas ele também foi declarado morto”, disse Winnie.

VEJA MAIS

Juiz morre devido a suposta intoxicação por cervejas Ao menos 29 pessoas apresentaram os sintomas de intoxicação por dietilenoglicol

A polícia investiga as circunstâncias do caso e aguarda o resultado da autópsia. Alguns dias antes, duas crianças e um bebê de seis meses também morreram após comerem o macarrão instantâneo, eles reclamaram de cólicas e enjoos no caminho do hospital. 

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO