Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Após enfiar cabo USB no pênis, garoto de 15 anos é submetido a cirurgia

O adolescente tentou medir o órgão usando o cabo eletrônico

O Liberal

Um adolescente de 15 anos precisou ser submetido a uma cirurgia após ficar com um cabo USB preso no pênis, após tentar medir o órgão. O eletrônico ficou preso na uretra do garoto, que não teve a identidade divulgada. O caso aconteceu em Londres, na Inglaterra. As informações são do portal Último Segundo.

A revista científica “Urology Case Reports” foi responsável por dar notoriedade ao caso. De acordo com o periódico, o garoto tentou retirar o cabo sozinho, mas ficou com “as duas pontas penduradas em seu membro”. Depois de urinar sangue, o jovem procurou os médicos.

Ele foi levado pela família a um hospital e, depois, encaminhado para o University College Hospital London. No local, ele foi submetido a avaliação urológica terciária urgente e tratamento cirúrgico aberto.

Para retirar o cabo USB da uretra do garoto, foi realizada uma uretrostomia penoescrotal, um corte entre a genitália e o ânus.

O cabo foi retirado por completo da uretra do garoto (Reprodução)

De acordo com a publicação, o cabo estava com nós. Apesar da dificuldade, ambas as pontas do fio foram puxadas com sucesso. O garoto recebeu alta no dia seguinte após a cirurgia, com analgesia simples, antibióticos orais e cateteres suprapúbicos, para a drenagem da urina.

"Não existiam evidências de transtorno psiquiátrico e a ‘medição’ foi apontada como a causa da inserção. Isso constituiu outro caso de curiosidade sexual resultando em uma emergência urológica desafiadora, gerenciada efetivamente com cirurgia aberta e sem complicações de curto prazo”, informou a revista científica.

Palavras-chave

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO