EU REPÓRTER

Clique aqui e mande sua história ou denúncia e ela poderá ser transformada em notícia. Aqui é Jornalismo Colaborativo!

Pais reclamam do atraso das aulas da Escola Raymundo Vianna, em Belém

O motivo do atraso é por conta das reformas no local que não possuem previsão de término

Vitória Reimão, com a colaboração da leitora Marilda Coelho

A equipe do Eu Repórter recebeu denúncias sobre a paralisação e atraso das aulas que ocorrem na Escola Estadual de Ensino Médio Raymundo Martins Vianna, localizada na avenida Augusto Montenegro, no bairro Parque Verde, em Belém. Segundo informações, a escola está em período de reformas desde o início da pandemia e não há previsão de término das manutenções.

"Terminou a pandemia e nada de começar as aulas. O colégio está em uma reforma que nunca acaba", contou Marilda Coelho, mãe de uma aluna da escola. 

Os pais dos alunos buscam por informações e previsão da volta às aulas, porém, não obtém respostas da direção. Eles alegam que não há documento ou informação oficial sobre como irá ficar a dinâmica das aulas.

VEJA MAIS: 

Atraso em reformas de escola na Cidade Nova 2 está prejudicando alunos, diz leitor
A denúncia alega que o período de reformas já dura mais de três meses


Entulhos que foram deixados pela prefeitura estão causando problemas aos moradores, no Tapanã
Após uma limpeza feita há mais de 20 dias no bairro, moradores reclamam de entulhos deixados no local


Passageiros reclamam de descaso dos ônibus coletivos de Ananindeua
Situação é rotineira na vida de quem precisa do transporte, afirmam viajantes

De acordo com as denúncias, ainda está faltando ventiladores nas salas de aula e que a direção está esperando a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) liberar o local.

"A direção e a Seduc não Informam nada para os pais dos alunos, nós queremos uma resposta. As aulas da minha filha só ocorreu em uma semana. Alguns professores passam aula online, mas outros não", disse Marilda.  

Em nota, a Seduc informou que o processo de revitalização está seguindo normalmente, conforme o previsto. "Desde o início dos trabalhos, a Seduc adotou o escalonamento de turmas, a fim de evitar qualquer prejuízo educacional aos estudantes", comunicou. 

O projeto Eu Repórter é uma iniciativa que busca reforçar a proximidade com os leitores e internautas, incentivando ainda mais o jornalismo colaborativo. Para participar das reportagens e conteúdos, compartilhando histórias, denúncias e sugestões de matérias com a redação de O Liberal, basta acessar o site eureporter.grupoliberal.com ou enviar suas informações para o Whatsapp (91) 98565-7449, onde será iniciada uma conversa diretamente com repórteres da redação. A denúncia pode ser feita de forma anônima.

(Vitória Reimão, estagiária sob supervisão de Mariana Azevedo)

Eu Repórter
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS