Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Remo solta nota sobre a arbitragem, Fábio Bentes chama erro de 'grosseiro' e planeja ida à CBF

Presidente azulino lamentou mais um erro de arbitragem contra o Leão na Série B 2021

Fabio Will / O Liberal

Após a derrota para o Londrina-PR, por 1 a 0, pela 13ª rodada da Série B, o Remo resolveu se pronunciar em relação aos erros de arbitragem ocorridos contra o clube na competição. No jogo diante da equipe paranaense, um pênalti claro não foi marcado na reta final da partida e essa sequência de erros, deve levar o presidente Fábio Bentes até à CBF nesta semana.

Em conversa com a equipe de O Liberal, o presidente do Remo avaliou o erro do árbitro Marcelo de Lima Henrique, do Rio de Janeiro (RJ), como “grosseiro” e utilizará os meios cabíveis para buscar soluções junto à CBF.

“Erro grosseiro. Vamos fazer uma nota com os vídeos dos lances, em seguida uma nova denúncia pela ouvidoria da CBF que é o caminho, além da ida ao Rio de Janeiro (RJ). Estou esperado a confirmação da agenda para esta semana”, disse, Bentes.

VAR

Os clubes em conversa com a CBF conseguiram a implementação do VAR na Série B, porém o recurso tecnológico só passará a funcionar na Segundona na 20ª rodada.

Saiba mais

Série B terá VAR e presidente do Remo avalia: 'Não dá para aceitar tantos erros'

CBF confirma a utilização do VAR nas Séries B, C e D do Campeonato Brasileiro

Série B: Remo espera demanda da CBF para iniciar operações do VAR no Baenão

Na bronca

Em seu site oficial, o Remo expôs os erros no Campeonato Brasileiro, citou a dificuldade que o clube teve para conquistar o acesso, pede justiça e cobra atitudes cabíveis aos membros da arbitragem que cometeram erros contra o clube. Leia a nota do Time de Periçá na íntegra:

“O Clube do Remo, com muita luta retornou à segunda divisão do futebol brasileiro após 14 anos, feito muito comemorado pelos torcedores. Temos trabalhado forte, dia e noite, para avançar administrativamente e fazer o maior clube da Amazônia retornar à elite. Porém, o nosso sonho pode ser ameaçado pela péssima arbitragem e pela recorrente falta de atitude dos órgãos que dirigem e regulam o apito no Brasil.

Temos sofrido com erros de arbitragem desde o começo do campeonato: um gol ilegal, contra o Náutico; gols legítimos mal-anulados, contra Coritiba e Ponte Preta; pênaltis não-marcados contra Brusque e Londrina. Lances capitais que nos fizeram perder pontos que poderiam nos colocar em condições de brigar na parte de cima da tabela.

Não queremos usar esses fatos como justificativa para derrotas, mas se for pra perder, que seja por nosso próprio demérito ou pelo mérito do adversário, não por causa de erros escandalosos quanto os que aconteceram conosco.

Jogamos a Série B mais difícil da história, que se torna ainda mais complicada quando se joga contra 11 jogadores + arbitragem. O Rei da Amazônia, juntamente com seus milhões de torcedores espalhados pelo mundo, exige por respostas e atitudes cabíveis contra os árbitros que têm cometido os inúmeros erros contra nossa equipe. Seguimos em frente, lutando jogo a jogo, mas exigimos justiça”

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES