Há 27 anos, Biro-Biro marcava para o Remo e muro da Curuzu caia durante clássico

Torcida do Remo chama a data de "Biro-Biro day"

Fabio Will

“A década de ouro”, assim os torcedores do Remo costumam chamar os anos 90. O Leão emplacou oito títulos estaduais, cinco deles seguidos e com a supremacia veio também o famoso “tabu” de 33 jogos sem perder para o Paysandu. Uma dessas partidas ocorreu no dia 29 de julho de 1993, na Curuzu e até hoje é motivo de gozação por parte dos azulinos.

O dia 29 de julho é conhecido pelos remistas como “Biro-Biro Day”. Nesta partida o Remo decidia o Parazão na casa do rival e vencia o confronto por 1 a 0, gol do volante Biro-Biro, de cabeça. Minutos depois o muro do alambrado da Travessa do Chaco, local onde estava a torcida do Remo, caiu. Torcedores invadiram o gramado, minutos depois faltou energia e a partida foi suspensa.

A data sempre é lembrada pelos perfis oficiais do Leão Azul nas redes sociais.Em uma live feita em março deste ano, Biro-Biro, de 61 anos, elegeu essa partida como a mais marcante na passagem pelo Remo. Nesta quarta-feira (29), ele estará em outra live com Miguel Angelo no perfil @clubedoremohistorico, no Instagram para relembrar o feito. Com a camisa azulina Biro-Biro fez parte da melhor campanha de um clube do Norte na Série A do brasileiro, quando o Leão terminou a competição na 7ª posição.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES