Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Aproveitamento de Bonamigo em 2022 foi o segundo melhor entre as passagens pelo Remo

Nesta temporada, Bonamigo comandou o Remo em 27 partidas, com 56% de aproveitamento.

Caio Maia

O técnico Paulo Bonamigo deixou o comando do Remo após ser derrotado para o Altos, por 2 a 1, na 11ª rodada da Série C neste domingo (19). Apesar disso, o aproveitamento do treinador remista era positivo. Em 2022, Bonamigo teve o segundo melhor desempenho, entre as três passagens pelo Leão Azul. 

Whatsapp: saiba tudo sobre Remo. Recêêêba!

Nesta temporada, Bonamigo comandou o Remo em 27 partidas. A equipe azulina acumulou neste período 14 vitótrias, sete empates e oito derrotas, o que representa um aproveitamento de 56%. 

VEJA MAIS

Remo perde para o Altos-PI nos acréscimos e se complica na briga pelo G-8 da Série C
Com o resultado, o Leão caiu para a 8ª posição, com 16 pontos, mas pode perder uma colocação na tabela até o final da rodada.

Após derrota para o Altos, Paulo Bonamigo não é mais técnico do Remo; saiba mais
Comandante não aguentou a pressão após derrota de virada para a equipe do Altos

Este desempenho do técnico à frente do Remo só não foi melhor do que o da passagem de 2020. Na ocasião o treinador atingiu 59,8% de aproveitamento em 44 partidas disputadas. Foram 22 vitórias, 13 empates e 11 derrotas, que derão ao Leão o acesso à Série B do Brasileirão e os vice-campeonatos da Copa Verde e do Paraense. 

A passagem de Bonamigo em 2022 no Remo foi melhor, inclusive, do que a de 2000, a primeira do treinador no clube. Na ocasião, o treinador comandou o Remo em 35 partidas, com 13 vitórias, 10 empates e 12 derrotas, representando um aproveitamento de 46,6%.

Na época, o Leão conseguiu o terceiro lugar do Módulo Amarelo do Campeonato Brasileiro, o que garantia o acesso à Série A do ano seguinte. No entanto, por uma virada de mesa, a equipe azulina acabou de fora da elite nacional. 

Passagem de 2022 é a única com título

Apesar de Bonamigo ser um técnico que marcou a história do Remo no século, até 2022 o gaúcho nunca tinha conquistado um título no comando do Remo. O tabu foi quebrado com o caneco do Parazão, vencido sobre o maior rival, o Paysandu. 

Antes da conquista do Parazão, Bonamigo havia colecionado uma série de bons resultados com o Remo. Nas duas primeiras passagens, o treinador alcançou dois acessos no Brasileirão - 2000 e 2020 - e dois vices-campeonatos - Copa Verde de 2020 e Parazão de 2021. 

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES