Após vazamento de áudio, Eduardo Ramos nega rejeição no Remo e presidente dispara: 'É uma teoria do caos'

Material gravado por um ex-diretor do Clube do Remo apontava que o camisa 10 era isolado do grupo de jogadores

Carlos Fellip

Os bastidores do Clube do Remo voltaram a ser agitados através do vazamento de áudio por redes sociais. O último, que foi gravado por um ex-diretor do Clube do Remo, afirmava que o meia Eduardo Ramos vinha sofrendo rejeição dentro do elenco azulino nesta reta final da temporada (Série C e Copa Verde). O motivo teria sido a diferença salarial do camisa 10 em relação à maioria dos atletas que compunha o elenco.

O diretor, que pediu para não ser identificado, afirmou que recebeu a informação de um integrante da comissão técnica do clube, mas ponderou ao admitir que não teria como provar a veracidade do caso. Uma pessoa ligada a Eduardo Ramos disse à reportagem que havia um problema de relacionamento de alguns atletas com o meia. O treinador Eudes Pedro também foi procurado para tratar sobre o tema, mas não quis se pronunciar. Já o técnico Márcio Fernandes negou qualquer isolamento de ER10.

'NADA DISSO'

A reportagem de O Liberal ouviu o presidente do Leão, Fábio Bentes, e o próprio Eduardo Ramos. Os dois negaram! ER10, aliás, ainda chegou a dizer que "vaidade e ciúme existem em qualquer lugar", mas frisou que isto "faz parte" do meio do futebol e foi enfático quando perguntado se ele se sentia rejeitado dentro do elenco: "Não!"

Bentes foi ainda além e disparou: "Nunca vi nada nem parecido com isso dentro do clube. Se havia alguma indisposição do Eduardo [Ramos] com algum jogador, era uma coisa velada. Da minha parte, garanto que havia isso e vou chamar o cara [que gravou o áudio] para conversar e cobrar uma explicação".

POLITICAGEM

O presidente azulino seguiu na análise e, diante da existência do áudio, declarou: "Infelizmente, a política do clube está tomando rumo muito cedo. As pessoas querem arrumar problema para justificar coisas que acontecem no futebol. Fomos eliminados [na Série C] por um ponto. Agora, vão querer dizer que o cara [Eduardo Ramos] foi boicotado. Acho que isso é uma teoria do caos".

Eduardo Ramos foi contratado pelo Remo neste ano junto ao Cuiabá, onde foi campeão estadual. Antes de assinar para jogar a sua quinta temporada pelo Leão na carreira, o meia chegou a disputar três partidas pela Série B do campeonato brasileiro. No Leão, chegou como esperança do time para a Série C e estreou na 11ª rodada da competição no empate sem gols com o Juventude dentro do Mangueirão. Ao todo, foram 13 partidas, entre Série C e Copa Verde, e três gols marcados. Vinculado ao clube azulino até o ano que vem, o jogador está garantido na temporada de 2020, no Baenão.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES