Técnico do Paysandu avalia classificação, fala de coronavírus e próximos passos no Parazão

Para Hélio dos Anjos, o jogo foi contra um adversário que tem qualidade e teve momentos distintos

Andreia Espírito Santo

O técnico do Paysandu, Hélio dos Anjos, avaliou que a partida com momentos distintos. No primeiro, o Papão mais agressivo e que buscou o gol de forma incessante. Depois, a parte na qual o adversário soube crescer em cima dos erros bicolores e da chuva.

BAIXE AQUI o guia de informações essenciais sobre o Coronavírus.

“O Paysandu teve cinco chances de gols nos primeiros 15 minutos. Por isso eu coloquei o Deivid e o Luís Felipe. Não joguei desfalcado. Vi um jogo contra um adversário que tem qualidade. Não treinei meu time para jogar debaixo d'água. Fizemos um jogo que podíamos ter definido a partida no início e o adversário foi crescendo em cima dos nossos erros. Time deles tem qualidade. Se jogar assim contra qualquer adversário o que jogou contra a gente no Mangueirão e hoje, tem possibilidade de ganhar de qualquer equipe do campeonato. Mas depois não teve jogo. Eu não preparei minha equipe para jogar em um campo desse jeito. E eu lembro que no dia que o Paysandu jogou desse jeito, o Paysandu perdeu o título. Mas agora estamos classificados matematicamente com duas rodadas de antecedência, temos o melhor ataque, temos o melhor saldo”, avaliou o técnico do Paysandu.

O próximo compromisso do Paysandu será contra o Paragominas, na Arena Verde. O técnico bicolor já garantiu que vai fazer mudar a equipe para fazer teste.

“Eu não tenho necessidade de resguardar jogador. Décimo jogo hoje. Qual lesão muscular nosso time teve? Zero. Aí vai dá estrutura do clube, do treinador fazer o jogador chegar 7 da manhã e sair 19h. Vamos ter lesão, ninguém é de ferro. Não preciso resguardar porque temos jogo de domingo a domingo. Queria estar me preparando para disputar a copa do Brasil contra o Cruzeiro na semana, aí eu ia resguardar. Mas vamos para Paragominas. Vou colocar quem não está jogando. Acredito que viu mexer em mais de uma posição. Hoje fiquei satisfeito. Foi uma semana que tiramos a intensidade porque não podíamos pisar tanto no gramado. Vou mexer contra o Paragominas, não o time não vai perder intensidade. Tony é desfalque pelo terceiro amarelo”, comentou.

O coronavírus também foi assunto na coletiva. Questionado sobre o que achava da possibilidade dos jogos serem adiantados para o meio da semana por causa do Covid-19, o técnico Hélio dos Anjos frisou que vai cumprir ordens.

“O que a federação e os clubes decidirem, eu tenho que aceitar. Vou dá a minha opinião interna, mas a decisão não é minha. Se anteciparem os jogos, vamos estar preparados. Não temos ninguém no DM. Serginho treinou a semana toda. Não temos preocupação pelas decisões que forem tomadas pela federação em comum acordo com os clubes”, afirmou.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES