Paysandu disponibiliza infraestrutura do clube ao Estado e Município na luta contra o coronavírus

Presidente do clube alviceleste mandou um oficio ao Governador do Pará e ao Prefeito de Belém

Fabio Will

Diante da pandemia do coronavírus, os clubes paraenses estão colocando a disposição do Governo do Estado e também do município, suas estruturas. O Paysandu, assim como o Remo, informou em suas redes sociais, que os espaços da Sede social, estádio da Curuzu e hotel do clube, estará disponível caso for necessário.

O presidente bicolor, Ricardo Gluck Paul, mandou um ofício para o Governador do Estado e também ao Prefeito de Belém, colocando o clube para servir de atendimento à sociedade.

“Entendemos que o Paysandu possui uma estrutura grande e pode servir para a sociedade, aí não falo só da torcida do clube, mas sim toda a sociedade. É possível que o governo estadual e municipal precisem de espaços para montar atendimento para a população. Se chegar a este ponto, o clube estará disponibilizando seus espaços na Sede social, e o estádio da Curuzu, com hotel  de 19 leitos, com duas camas cada. O nosso departamento médico, fisioterapia tudo isso estará disposição”, comunicou.

O Paysandu paralisou suas atividades tanto com o elenco profissional, quanto as categorias de base e o futebol feminino. Os treinos de esportes amadores também foram interrompidos, além de funcionários no grupo de risco foram dispensados de suas atividades. O clube opera no sistema de escala nas atividades administrativas.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES