Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Lesão, lives e presença nos vestiários: Ricardinho abre o jogo sobre recuperação no Paysandu

Operado há três meses, o meia tem avançado, nas últimas semanas, ainda mais nos trabalhos de fisioterapia.

Caio Maia

Enquanto esteve em campo nesta temporada, Ricardinho chamou a atenção da torcida do Paysandu por dois motivos: a habilidade e a dedicação. Contratado no início da temporada e referência técnica bicolor, o meia construía uma relação de amor com a Fiel até que uma séria lesão o afastou dos gramados. O jogador, que realizou uma cirurgia para corrigir um problema no tendão de Aquiles, ficará longe dos gramados pelo menos até o mês de outubro, segundo o clube.

Operado há três meses, o meia do Paysandu avançou, nas últimas semanas, ainda mais nos trabalhos de fisioterapia. Em entrevista ao Núcleo de Esportes de O Liberal, Ricardinho contou como tem ocorrido a recuperação no clube bicolor. Na conversa, o camisa 8 do Papão ainda revelou que, na reta final do Parazão deste ano, insistiu em atuar mesmo com dores e que isso pode ter agravado mais a lesão no tendão de Aquiles.

"Na reta final do Paraense eu vinha sentindo fortes dores na região do tendão. Fizemos os tratamentos preventivos no clube e as dores diminuíram. Mesmo com dificuldade, optei por jogar as finais e ainda consegui marcar um gol. Ocorreu que a minha escolha de entrar em campo agravou a dor. Logo após o fim do Parazão, realizamos exames aprofundados e ficou constatada a necessidade de intervenção cirúrgica. É desafiador receber a notícia. Contudo, a resiliência adquirida em outras experiências contribuíram para que eu agisse com paz e sabedoria nesse momento", explicou o jogador.

A sabedoria, citada por Ricardinho, parece ser o principal atributo do jogador durante a recuperação. Em meio às atividades de musculação e fisioterapia aquática, que fazem parte da do tratamento da lesão, o jogador tem tentado passar parte da experiência adquirida aos demais jogadores do elenco. Questionado se isso poderia ser o início de uma carreira na comissão técnica, o meia disse que isso são "planos para o futuro" e o principal objetivo, atualmente, é voltar para campo e ajudar o Paysandu.

"Eu penso que cada atleta tem a sua própria motivação. Não me enxergo como um 'motivador', mas como um profissional que ama estar com pessoas e contribuir com elas. Adotei essa postura como estilo de vida, e no Papão não seria diferente. Sobre os próximos passos da carreira, sinto uma forte identificação com as áreas da liderança e gestão para o desenvolvimento de times. Porém, ainda tenho amadurecido algumas ideias. Meu pensamento hoje é continuar aprendendo e me capacitando para gerar ainda mais clareza sobre o futuro", disse.

Essa capacitação, citada por Ricardinho, já tem sido feita durante a recuperação no Paysandu. Nas redes sociais, o jogador tem participado de várias lives sobre preparação mental e liderança. De acordo com ele, essa foi a forma encontrada para fortalecer o "corpo e a alma" durante o momento longe dos gramados.

Uma das lives de liderança e preparo mental feitas por Ricardinho. Convidado é o atacante Rafael Moura. (Divulgação/ Instagram)

"Conhecimento bom é conhecimento compartilhado e vivido na prática. As lives tem me proporcionado uma via de mão dupla, de muito aprendizado com as pessoas. É uma das formas que encontrei de aprender e também partilhar em tempo real com os convidados e com o público que tem acompanhado", contou.

Ainda sem Ricardinho, o Paysandu volta a campo neste sábado (9), contra o Confiança-SE, às 19h, no estádio da Curuzu, em Belém, pela 14ª rodada da Série C. A partida terá transmissão Lance a Lance pelo Oliberal.com. 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES