Em clima melancólico, Paysandu se despede da Série C diante do Vitória-BA, na Curuzu

Depois de campanha abaixo do esperado na Terceirona, Bicola ainda da junta os cacos, já de olho na Copa Verde, que começa em outubro.

Caio Maia

Há poucas semanas, a torcida do Paysandu sonhou em ver a equipe de volta a Série B do Brasileirão depois de quatro anos. Agora, o Papão chega à última rodada da Série C, contra o Vitória, neste sábado (24), na Curuzu, em meio ao clima melancólico. Depois de uma campanha muito abaixo do esperado na fase final da Terceirona, o elenco alviceleste ainda junta os cacos, já de olho na Copa Verde, que começa em outubro.

Na primeira fase da Série C, o Paysandu fez uma campanha dos sonhos. A equipe bicolor foi a segunda melhor colocada entre 20 equipes do torneio e se classificou para o quadrangular de acesso como favorita a uma vaga na Série B. No entanto, uma sequência de resultados ruins na etapa final fez com que o Lobo abandonasse as chances de acesso com uma rodada de antecedência.

Além disso, o Paysandu viveu uma série de conflitos nos bastidores na reta final da Série C. Entre os problemas estavam o envolvimento do atacante Marcelo Toscano com uma Bicolinda, denunciado pela ex-esposa do jogador, e a demissão do executivo de futebol Fred Gomes.

Corrida pela renovação

A partida contra o Vitória-BA será a última oportunidade para que vários jogadores do elenco garantam a renovação de contrato para a Copa Verde de 2022. De acordo com o coordenador técnico do Papão, Ricardo Lecheva, todos os atletas tem contrato com o Lobo até o dia 15 de outubro. Depois dessa data, apenas alguns jogadores serão chamados para compor o elenco bicolor na competição regional.

Apesar disso, o Papão deverá ir para jogo com a base titular das últimas partidas. Leandro Silva, que se recupera de lesão muscular, é dúvida para o duelo. Por outro lado, Genílson volta de suspensão para o time titular.

Vitória-BA joga a vida

Ao contrário do Paysandu, o Vitória-BA chega vivo na briga pelo acesso. Para o time baiano, um triunfo já garante a classificação à segundona, sem depender de qualquer outro resultado.

No embarque da delegação rubro-negra rumo a Belém, torcedores organizaram uma carreata para apoiar o time até o aeroporto de Salvador, em mais um episódio chamado pela própria torcida de "Aeronegô".

Para a viagem a partida contra o Bicola, o técnico rubro-negro João Burse relacionou 24 jogadores. Suspensos, o zagueiro Alan Santos e o lateral-esquerdo Sanchez são desfalques.

Ficha técnica

Paysandu x Vitória-BA
Data: 24 de setembro, sábado
Horário: 17h
Local: Estádio da Curuzu, em Belém

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Von Gasse (SP) e Neuza Inês Back (SP)
Quarto árbitro:  Ilbert Estevam da Silva (PA)

Paysandu: Thiago Coelho; Igor Carvalho (Leandro Silva), Naylhor, Genílson e Patrick Brey; Mikael, João Vieira e José Aldo. Robinho, Danrlei e Marlon. Técnico: Márcio Fernandes.

Vitória-BA: Dalton; Alemão, Ewerton Páscoa, Marco Antônio e Lazaroni; Léo Gomes, Dionísio e Eduardo; Gabriel Honório, Tréllez e Rafinha. Técnico: João Burse. 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES