Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dirigente detalha mudanças na base do Paysandu e revela objetivo: 'nova fonte de renda'

Bruno Lima, que chegou à Curuzu faz um mês, diz que extinguiu as "peneiradas" e disse que vai lutar com a FPF para aumentar o calendário das categorias de formação de atletas. 

Caio Maia

O Paysandu pretende, nos próximos meses, realizar uma profunda mudança nas categorias de base do clube. Pelo menos é o que afirma o coordenador da base do Papão, Bruno Lima. Em entrevista ao jornalista Agripino Furtado, da Rádio Liberal, o dirigente bicolor detalhou os planos de profissionalização na formação de jogadores da Curuzu. Segundo ele, o grande objetivo é que a revelação de novos atletas forneça ao Bicola não só ganho esportivo, mas também uma importante fonte de renda.

Whatsapp: saiba tudo sobre o Paysandu. Recêêêba!

"Quando cheguei ao Paysandu apresentei um projeto de profissionalização para a base. Eles acreditaram no projeto e estamos conseguindo implementar mudanças aos poucos. É um projeto difícil de ser implementado, mas creio que vai gerar bons frutos. Espero que em breve todos os processos da base sejam profissionais e que o clube colha frutos, tanto na parte técnica, quanto de ativos financeiros", afirmou.

VEJA MAIS

Confiança vence, sai da lanterna e ajuda Remo e Paysandu na classificação da Série C
A sexta rodada da Série C termina hoje com m ais duas partidas e Leão e Papão podem perder posições

Paysandu é punido em R$ 30 mil por 'apagão'; clube vai recorrer e Ettinger diz: 'falha elétrica'
Presidente do Papão disse estar respaldado e que o clube irá recorrer tanto da multa pelo 'apagão' quanto pelos arremessos de objetos no gramado

Meia-atacante é regularizado e pode estrear pelo Paysandu contra o Volta Redonda pela Série C
Jogador Gabriel Davis, de 32 anos, teve o nome publicado no BID da CBF e é uma das opções do técnico Márcio Fernandes

Bruno explica que entre uma das mudanças que serão feitas nas categorias de base do Paysandu será a extinção das peneiradas. Segundo ele, é "impossível" avaliar um jogador levando em consideração apenas alguns minutos de jogo. Sobre o novo modelo de captação de atletas, o dirigente deu detalhes de como o processo será realizado.

"Não temos como avaliar um jogador por 15 minutos em campo. Às vezes o nervosismo e a falta de entrosamento interferem no ritmo do atleta. Nossa captação de jogadores será diferente agora. Temos no nossa conta do Instagram um link de cadastro, que servirá para nós realizarmos um filtro de talentos de jogadores. Por meio disso, vamos convocar meninos para participar de treinos conosco por uma semana. Após esse período, ele será aprovado, ou não, pela comissão técnica", explicou.

Apesar de Bruno acreditar que o fim das peneiradas seja fundamental para a profissionalização da base do Paysandu, o coordenador afirma que as categorias inferiores só vão dar um "salto de qualidade" com mais calendário. Por conta disso, o dirigente disse que já está em contato com a Federação Paraense de Futebol (FPF) para que mais jogos de base sejam disputados na temporada, além de solicitar o retorno das competições sub-15.

"A nível nacional, dependemos das competições estaduais. Mas em outros estados, como o Paraná, onde eu trabalhava, um clube de base disputa mais de 60 jogos na temporada. Aqui no Pará, o sub-20 faz só 18 jogos por ano. Vemos esse desnível quando vamos enfrentar escolas do sul e do sudeste. Precisamos discutir com a federação a ampliação de calendário, assim como a reabertura do campeonato sub-15. O jogador é formado nos treinos, mas também em jogo. Sem jogar é impossível trabalhar", destacou. 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES