Pinheirense faz peneirada e aguarda reforços para Brasileiro Feminino da Série B

General conta com poucas atletas no elenco e vem realizando testes para novas jogadoras

Braz Chucre

O Pinheirense começou os trabalhos do futebol feminino para o Campeonato Brasileiro da Série B que terá jogos a partir do mês de março. Houve reapresentação do elenco no estadio Abelardo Conduru, além de teste para atletas que atenderam ao chamado da comissão técnica.

Conforme a coordenadora do futebol do clube, Izabel Luna, os testes para novas atletas seguirão por toda semana: "Estamos em aberto. As meninas acima de 16 anos interessadas podem vir ao estádio", disse. Cerca de sete jogadoras participaram da seletiva.

O General da Vila vai receber duas jogadoras do futebol amapaense. "É uma volante e uma zagueira. Devem chegar nesta terça-feira (12)", comentou Luna,  destacando o apoio do presidente Paulo Olegário ao time feminino do Pinheirense.

No campeonato paraense, o clube de Icoaraci competiu com uma equipe de 23 atletas. Algumas deixaram o clube, porém, as principais permaneceram no elenco, entre elas a artilheira Pingo, além de Raquel que começou como zagueira e depois virou atacante. Outros nomes são: Lause, zagueira; Ângela, meio-campo; Jay, goleira; Maria de Nazare, volante, e Verena, lateral. "Temos uma espinha dorsal na formação da equipe", destaca Izabel Luna que também é auxiliar técnica de Amauri Pedrosa. 

O General da Vila vem rebaixado da Série A de 2018 onde fez uma das piores campanha. Não ganhou nenhum jogo que disputou no Basileirão Feminino. 

Mais Esportes