Paraense, ala Biolay supera grave lesão no joelho para retornar ao futsal

Atleta entrou em fase transição para volta às quadras

Andre Gomes

Um dos maiores nomes do futsal paraense, o ala Biolay está de volta às quadras. Há quase seis meses, o jogador realiza tratamento por uma grave leão. O atleta teve que fazer um trabalho de reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho. Biolay usou uma rede social para comemorar o sucesso na fisioterapia e o alívio de poder retornar ao esporte.

"Ontem (11), ao fazer os testes, [o fisioterapeuta Rodrigo Pollhuber] me deu alta para voltar aos treinos e já fazer a transição para meu retorno às quadras. Estou muito feliz, pois foi com muita dedicação, luta, perseverança, foco e principalmente fé que pude alcançar minhas metas e objetivos na fisioterapia. Agora é focar mais ainda para uma volta triunfal nas quadras", comentou.

CARREIRA

Destaque do estado na modalidade, Klevyson Alberto Batista Ávila, o Biolay, de 34 anos, também já se aventurou no futebol de campo, ao defender Pinheirense e Independente de Tucuruí. Mas foi no futsal que o jogador conseguiu escrever o próprio nome na história do esporte paraense.

Nas quadras, o atleta já atuou por equipes como Ulbra-RS, Aquárius-PR, Tuna Luso, Remo, Paysandu, Esmac, Hoolygans, Shouse e Jaraguá-SC. Além disso, Biolay já foi indicado quatro vezes ao Troféu Romulo Maiorana e conquistou em duas oportunidades: 2009 e 2017.

O ala aproveitou também para demonstrar gratidão. "[Agradeço] primeiramente a Deus, pois sem ele não seria possível alcançar uma abençoada recuperação. Obrigado pelo dom da vida e pelo dom de jogar futsal tão bem. [Tenho que] agradecer também muito a esse fisioterapeuta, que se tornou um grande amigo que levo para a vida toda", concluiu.

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES