Bruno Schmidt e Evandro firmam dupla para buscar vaga em Tóquio 2020

Parceria foi firmada neste final de semana e começará a treinar no CT Leblon

O vôlei de praia masculino brasileiro terá uma dupla fortíssima na corrida olímpica que começará em Doha, no Catar, no próximo mês. 

Atual campeão olímpico, Bruno Schmidt formará parceria com o atual campeão mundial Evandro. Os dois começarão trabalhar visando Tóquio 2020, a partir desta terça-feira, 12, no CT Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Treinador de Evandro desde 2012 e um dos idealizadores do CT Leblon, Ednilson Costa comemorou o acerto. Afinal, terá sob seu comando dois dos maiores talentos do vôlei de praia brasileiro.

“Os dois são excelentes jogadores e contaremos muito com a experiência do Bruno, um campeão olímpico”, disse, explicando como montará sua equipe, já que ambos jogam na saída de rede.

“O Evandro vai para a entrada. E não teremos problema com isso. O Bruno é um excelente levantador e facilitará para ele. Um ponto muito positivo é o saque. Os dois também são exímios sacadores e teremos essa arma muito forte para conseguir uma vaga em Tóquio”, acrescentou.

Campeão olímpico, Bruno Schmidt não vê a hora de começar a trabalhar ao lado do novo parceiro. Principalmente pelo fato de saber que o nível internacional do vôlei de praia está cada dia mais alto e que será preciso muita dedicação para conseguir a vaga para os próximos Jogos Olímpicos.

“Jogar ao lado do Evandro interessa muito. Temos tudo para fazer uma equipe muito competitiva. Isso que fica mais na minha cabeça. Teremos um ano importante pela frente. Vamos tentar nos blindar para ser o mais competitivo possível para jogar à altura do Circuito Mundial", comentou Bruno Schmidt.

Campeão mundial, Evandro também vibrou com a chegada do novo parceiro e revelou que tanto ele quanto Bruno já estão ansiosos para levar para a areia toda a vontade de fazer um bom trabalho na corrida olímpica de 2019.

“Estou extremamente feliz pela oportunidade de jogar ao lado do Bruno. Para mim será uma honra. Mas estou ciente de que a responsabilidade será maior por ter um parceiro campeão olímpico. Vamos dar o nosso máximo”, finalizou Evandro.
 

Mais Esportes