Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

A Olimpíada delas: Mulheres brasileiras têm o melhor resultado da história

Dois 21 pódios brasileiros, nove pódios foram de mulheres e esse é o melhor desempenho em Olimpíadas

O Liberal

Além dos Jogos de Tóquio terem proporcionado muitos momentos marcantes e emocionantes, as atletas brasileiras conquistaram o melhor resultado em Olimpíadas. No total, foram 21 medalhas para o Brasil, a melhor campanha até agora. E com nove pódios, as mulheres superaram a marca de Pequim, em 2008, que era de sete. 

Nesta edição, dos 309 atletas, 145 eram mulheres, o segundo maior número, ficando atrás apenas das Olimpíadas do Rio, em 2016, que tinha 209. Em tese, quando um país é sede dos Jogos, os seus atletas tendem a render mais. Nos Jogos do Rio, o Brasil fez a melhor campanha, com 19 medalhas. Destas, seis foram conquistadas por mulheres, inferior ao que havia sido em Pequim. 

Das sete medalhas de ouro, três foram conquistadas por mulheres; em 2016, foram duas. Já na prata, das seis conquistas, quatro foram femininas; no Rio, apenas uma. E no bronze, as meninas subiram no pódio duas vezes; nos Jogos de 2016, foram três. 

Além da quantidade de medalhas, elas fizeram história. Rebeca ganhou a primeira medalhista olímpica da ginástica artística do Brasil, a prata no individual geral. Mais tarde, ela também conquistou o primeiro ouro da modalidade, no salto. Laura Pigossi e Luísa Stefani no tênis ganharam um pódio inédito para o Brasil, no tênis (bronze). 

Mayra Aguiar também conquistou o bronze no judô e se tornou a primeira brasileira a conquistar três medalhas olímpicas em um esporte individual. A boxeadora Bia Ferreira foi a primeira brasileira a chegar a uma final da modalidade e ficou com a medalha de prata. No skate, Rayssa Leal, de apenas 13 anos, é a mais jovem medalhista do Brasil. 

Depois de tantos mundiais, Ana Marcela Cunha levou o ouro na maratona aquática. E Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram o bicampeonato na vela. A Seleção feminina de vôlei ficou com a prata,
 

Confira os medalhista em Tóquio:

 

OURO

Boxe: Hebert Conceição (Peso Médio, até 75 kg)

Canoagem: Isaquias Queiroz (C1 1.000 metros)

Futebol: Seleção masculina

Ginástica  Artística: Rebeca Andrade (Salto)

Maratona Aquática: Ana Marcela Cunha

Surfe: Ítalo Ferreira

Vela: Martine Grael e Kahena Kunze (classe 49erFX)

 

PRATA

Boxe: Beatriz Ferreira (Peso Leve, 57kg-60kg)

Ginástica Artística: Rebeca Andrade (Individual Geral)

Skate: Pedro Barros (Park)

Skate: Kelvin Hoefler (Street)

Skate: Rayssa Leal (Street)

Vôlei: Seleção feminina

 

BRONZE

Atletismo: Alison dos Santos (400 metros com barreiras)

Atletismo: Thiago Braz (Salto com vara)

Boxe: Abner Teixeira (Peso Pesado, até 91 kg)

Judô: Daniel Cargnin (Categoria até 66 kg)

Judô: Mayra Aguiar (Categoria até 78 kg)

Natação: Bruno Fratus (50 metros livre)

Natação: Fernando Schffer (200 metros livre)

Tênis: Laura Pigossi e Luísa Stefani (Duplas)

 

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES