Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Paraense, Jobson, ex-Botafogo, tem julgamento marcado por estupro e pornografia com adolescente

Caso ocorreu em 2016; julgamento ocorre no dia 27 de outubro

Andre Gomes

Foi definido, nesta terça-feira (19), que o julgamento do atacante paraense Jobson, ex-Botafogo e Atlético-MG, será realizado no dia 27 de outubro. O jogador será julgado por estupro de vulneráveis e por divulgação de pornografia envolvendo adolescente. A audiência ocorre na comarca de Colinas, do Tocantins.

VEJA MAIS

Polêmico atacante paraense, Jobson fala sobre erros do passado: 'Ninguém é perfeito'
Contratado recentemente pelo Sete de Setembro de Pernambuco, jogador disse que quer resgatar o bom passado do campo.

O caso foi há seis anos e estava tramitando na Justiça paraense, até que um juiz declinou da competência e enviou o processo para o Tocantins. Após deixar a cadeia, pelo pagamento de uma fiança de 22 mil reais, o atleta foi preso mais duas vezes. Jobson responde em liberdade.

O caso

Jobson e dois amigos são suspeitos de estuprarem duas adolescentes, de 13 e 14 anos, em uma chácara na zona rural de Couto Magalhães, na divisa do Tocantins com o Pará, em 2016. O julgamento chegou a ser marcado em 2020, mas a audiência foi suspensa por causa da pandemia. Além disso, Jobson teria disponibilizado fotografias na internet.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES