Após queda de parte do teto, diretor da FPF garante que Remo jogará no Mangueirão

Paulo Romano confirmou que incidente ocorreu do lado A do mangueirão e que pode ter interdição da área em dia de jogo

Fábio Will

A queda de parte do reboco do teto do estádio Mangueirão preocupou a todos que gostam de futebol, mas, segundo o diretor de competições da Federação Paraense de Futebol (FPF), Paulo Romano, garante que terá jogo do Remo no próximo dia 20.

 

Em entrevista ao OLiberal.com, Paulo Romano confirmou que esteve em reunião com administração do Mangueirão e que os reparos já estão sendo providenciados por uma empresa. Segundo o diretor, caso a obra não seja feita a tempo parte da área do lado A (torcida do Remo) será isolada.

“Estive em uma reunião com membros da administração do estádio e em seguida fomos lá averiguar os problemas. Não é uma coisa que venha a ser interditada todo o Mangueirão. Fui lá dar uma olhada e o que nos repassaram foi que uma junta de dilatação se desprendeu, mas isso requer cuidados”, disse.

Perguntado se o Mangueirão poderá ter a capacidade reduzida, Paulo Romano disse que há a possibilidade, caso não terminem os serviços a tempo. “Hoje o Mangueirão possui a capacidade de 35 mil. Caso o Remo venda a carga máxima, teremos que isolar a parte do lado A, onde ocorreu o incidente, que daria uma área de 3 a 4 mil torcedores, mas vamos esperar os laudos”, comentou.

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!