Sebrae lança polo de bioeconomia no Baixo Amazonas

Previsão de investimentos ultrapassa R$ 18 milhões, para implementar ações até 2024

Emilly Melo
fonte

O Sebrae Pará lançou na última segunda-feira (21), no Museu de Ciência da Amazônia (Muca), em Belterra, o novo polo de referência em bioeconomia da região do Baixo Amazonas. A iniciativa é voltada para o desenvolvimento de conteúdos, soluções e experiências para aprimorar a gestão e inovação das cadeiras de bioeconomia e turismo na Amazônia. Os investimentos previstos ultrapassam R$ 18 milhões, para implementação de ações até 2024.

VEJA MAIS

image Investimentos em bioeconomia garantem produções sustentáveis no Pará
Com o lançamento do Plano Estadual de Bioeconomia, na COP 27, Governo do Estado propõe soluções baseadas na natureza para transformar a economia do Pará

image Estados da Amazônia vão apresentar prioridades à equipe de transição do Governo Federal
Objetivo é chamar atenção da União para a formatação e execução de um desenvolvimento próprio para a região

image Vale e o Governo do Pará firmam parceria para fortalecer a bioeconomia no estado
Protocolo de intenções foi assinado durante a Conferência do Clima da ONU, a COP 27

O polo será estratégico para a disseminação de conhecimentos e soluções para pequenos negócios.“Espero que possamos disseminar na região amazônica, inicialmente, a questão da bioeconomia como carro-chefe e uma atividade empreendedora de alto valor agregado”, ressaltou o diretor técnico do Sebrae Nacional, Bruno Quick, que participou do lançamento de forma remota, de Brasília.

O polo será composto por laboratórios equipados, um centro de exposições interativas das principais pesquisas no Estado sobre biodiversidade, biotecnologia e genética.“Precisamos nos apropriar dos nossos insumos e riquezas. Esse projeto é inovador e irá fortalecer os pequenos negócios. Damos um passo histórico para esse segmento e para o desenvolvimento da região”, declarou o diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Rubens Magno

O evento de lançamento contou a participação de diversas autoridades, representantes de entidades de classe, representantes do poder público, da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e empreendedores, entre eles: os dirigentes do Sebrae/PA, Sebastião Campos, presidente do Conselho Deliberativo Estadual/CDE); Fabrizio Guaglianone, diretor técnico; e Cássia Costa, diretora administrativa e financeira; a diretora técnica do Sebrae no Mato Grosso, Eliane Chaves; o prefeito de Belterra, Jociclélio Macedo; técnicos e analistas do Sebrae, além de membros do CDE.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do Núcleo de Política)

Economia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA