Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Empresa aérea anuncia retomada de rota e ampliação da oferta de voos no Pará

Latam começará as novas operações neste mês de novembro

O Liberal

A companhia aérea Latam anunciou, na noite desta terça-feira (9), a retomada da rota Belém-Macapá, com quatro voos semanais. A medida, segundo a empresa, garante a recuperação de 96% da oferta doméstica de assentos no Pará, na comparação com o mês de novembro de 2019 (antes da pandemia da Covid-19).

VEJA MAIS:

VÍDEO: Passageiro sem máscara obriga piloto a retorna com avião para aeroporto Postura intransigente do cliente acabou por atrasar a viagem dos demais passageiros

Após morte de cão, Latam suspende transporte de pets por 30 dias Empresa afirma que exame em animal mostrou óbito por asfixia

Ainda neste mês de novembro, além de retomar a rota entre as capitais, a empresa vai ampliar a operação de outras rotas, entre elas Belém-Brasília que passa de 12 para 14 voos semanais. Já Belém-Fortaleza, que hoje está com sete voos por semana, passa a ter onze. Foi anunciado também a ampliação das rotas Belém-São Paulo/Guarulhos (de 14 para 20 voos semanais) e Marabá-Brasília (de 6 para 7 voos semanais).

VÍDEO: Casal quebra guichê de companhia aérea após voo atrasar Passageiros tiveram que desembarcar por conta no mal tempo

Retorno do voo direto Belém-Lisboa anima paraenses que moram e têm negócios em Portugal A rota voltará a ser ofertada pela TAP a partir do dia 31 de outubro, com dois voos semanais, que sairão sempre aos domingos e às quartas-feiras

"Isso foi possível diante do avanço da vacinação e também da eficiência operacional que a companhia adquiriu nos últimos tempos", afirma a companhia.

Palavras-chave

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA