Copa 2022: Camisa da seleção brasileira é a terceira mais cara das quartas de final do mundial

O torcedor do Marrocos é o primeiro do ranking de quem paga mais caro pelo uniforme

Luciana Carvalho
fonte

Copa do Mundo 2022 está afunilando e entrando na sua reta final, no entanto a paixão do torcedor segue ativa em todos os cantos do planeta. O Mundial do Catar impulsionou a venda de camisas e revelou dados curiosos. As informações são do G1 Nacional.

O torcedor brasileiro, por exemplo, que resolveu comprar a camisa oficial para torcer pela seleção na Copa do Mundo do Catar precisou desembolsar cerca de 29% do salário mínimo para levá-la para casa.

A camisa oficial da seleção brasileira é a terceira mais cara na comparação com o salário mínimo nacional entre as oito seleções que avançaram para as quartas de final. Em 2022, o uniforme está sendo vendido por R$ 349,99, ou seja, R$ 100 a mais do que no último mundial, na Rússia.

image  Em 2022, o uniforme está sendo vendido por R$ 349,99, ou seja, R$ 100 a mais do que no último mundial, na Rússia. (Reprodução/ Vídeo/ Globo News)

VEJA MAIS

image Copa do Mundo aquece vendas no comércio informal de Belém
Ambulantes investem em oferta de produtos para a torcida visando faturamento maior com a competição

image Copa do Mundo aumenta expectativa de vendas no comércio
Oferta de itens relacionados à seleção brasileira e ao mundial já é grande em Belém

image Carne, TV e cerveja: comércio se prepara para a Copa do Mundo
Lojistas esperam que torneio alavanque vendas na capital paraense

O torcedor do Marrocos é quem paga mais caro pela camisa da seleção, que chegou às quartas de final após derrotar a Espanha nos pênaltis. No país africano, o uniforme é vendido por 1.210 dirham, o que equivale a cerca de 34,6% do salário mínimo local.

Já a Argentina aparece em segundo lugar na lista. A camisa albiceleste sai por 16.999 pesos, o que equivale a cerca de $ 57.900 no salário dos “hermanos”.

Na Croácia, rival do Brasil no jogo desta sexta-feira (9), tem a quarta camisa mais cara do campeonato mundial. Por lá, o uniforme é vendido por HRK 684.95, moeda local.

No final do ranking aparecem as camisas das seleções europeias de Portugal, França, Holanda e Inglaterra. Nestes países, torcer usando um uniforme oficial não é um esporte tão caro.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Economia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA