Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CadÚnico tem prazo prorrogado; veja até quando pode se inscrever no programa

População tem até o dia 31 deste mês de julho para realizar a inscrição no CadÚnico e ter acesso aos programas de benefício disponibilizados pelo Governo Federal

Juliana Maia

O prazo para inscrição no programa Cadúnico terminaria nesta sexta-feira (15), mas foi adiado para até o dia 31 de julho. O CadÚnico é uma plataforma que registra as informações de famílias de baixa renda no Brasil para que esta população tenha acesso aos programas disponibilizados pelo Governo Federal. Veja como realizar o cadastro e quem está apto para receber. 

VEJA MAIS

Atualização do CadÚnico gera filas e reclamações em Belém
Prazo para atualização dos dados foi prorrogado, mas beneficiários reclamam da falta de organização 

Governo prorroga prazo para atualização do CadÚnico após filas se formarem em todo o País
No Pará, beneficiários do Auxílio Brasil formaram longas filas nos locais de atualização do Cadastro Único em Belém e Ananindeua

Cadastro Único: saiba como atualizar os dados e obter o comprovante de inscrição
Para conseguir ser contemplado pelos benefícios do governo é necessário estar com os dados do Cadastro Único atualizados; saiba como fazer

Como fazer a inscrição no Cadastro Único?

A inscrição no Cadastro Único deve ser feita presencialmente nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou em Postos de Atendimento do Cadastro Único do município.

Quem pode se inscrever no Cadastro Único? 

- Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa;

- Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos;

- Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo;

- Pessoas que moram sozinhas - constituem as chamadas famílias unipessoais;

- Pessoas que vivem em situação de rua.

(Estagiária Juliana Maia, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA