Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sikêra Jr. e emissora de TV terão que pagar R$ 10 milhões em multa por homofobia

A ação do MPF também propõe a exclusão do programa que foi dita as falas polêmicas

O Liberal

O Ministério Público Federal (MPF) propôs na segunda-feira (28), uma ação contra a emissora Rede TV! e Sikêra Jr, apresentador do programa Alerta Nacional, por fazer comentários considerados polêmicos contra a população LGBTQIA+. Os envolvidos terão que pagar R$ 10 milhões em indenização por danos morais coletivos. As informações são do Metrópoles.

VEJA MAIS

Marcas suspendem anúncios de Sikêra Jr. por LGBTfobia Apresentador fez mais um comentário preconceituoso ao chamar pessoas da comunidade LGBT+ de 'raça desgraçada'

Durante a atração exibida no último dia 25 de março deste ano, Sikêra Jr. teria acionado a prática de crime, pedofilia e o uso de drogas à homossexualidade, reforçando preconceitos. O pano de fundo da discussão, iniciada pelo apresentador, foi a campanha publicitária realizada pela rede de fast food Burger King, no qual crianças falavam sobre homoafetividade. 

Além da indenização, que será destinada à estruturação de centros de cidadania LGBTQIA+, a ação pretende requerer a exclusão do programa, que foi objeto de comentários polêmicos. O apresentador também terá que fazer uma retratação nos meios de comunicação.

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA