Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Marcas suspendem anúncios de Sikêra Jr. por LGBTfobia

Apresentador fez mais um comentário preconceituoso ao chamar pessoas da comunidade LGBT+ de 'raça desgraçada'

O Liberal

No mínimo três empresas decidiram deixar de veicular anúncios no programa Alerta Nacional, da Rede TV! e da TV A Crítica, após a fala preconceituosa do apresentador Sikêra Jr. na edição da última sexta-feira (25). As empresas cancelaram os contratos de patrocínio e anúncios porque o apresentador se dirigiu a comunidade LGBTQIA+ como "raça desgraçada".

A construtora MRV, que pertence a Rubens Menin, dono da CNN Brasil, fazia anúncios frequentes de empreendimentos no jornal policial comandado por Sikêra Jr.. Nesta segunda-feira (21), a empresa anunciou que suspenderia os anúncios.

Outra que cancelou o patrocínio foi a operadora de telefonia Tim, que encerrou na semana passada o acordo comercial com a RedeTV! e a TV A Crítica. "Desde a semana passada, realizamos a suspensão da veiculação, que é automática pela plataforma de anúncio, nesse canal. Reforçamos que a Tim mão está ligada a movimentos, nem compactua com disseminação de notícias falsas e discursos de ódio", disse a empresa.

Outro grande investidor que retirou anúncios foi o plano de saúde Hapvida, uma das maiores empresas do setor que atua no Norte e Nordeste do país. "Não apoiamos de forma alguma de preconceito, seja forma alguma de preconceito, seja social, de credo, raça, gênero ou orientação sexual. No momento, suspendemos o patrocínio do Alerta Amazonas. Estamos sempre trabalhando por uma sociedade mais saudável", informou.

O Magazine Luiza, que nunca anunciou no programa da RedeTV!, publicou nota informando que bloqueou no YouTube a veiculação automática de anúncios colocados nos vídeos do programa Alerta Nacional, publicados no canal da TV A Crítica.

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA