Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'La Casa de Papel: Coreia' estreia hoje na Netflix; saiba o que são as máscaras Hahoetal

A primeira temporada com 6 episódios está disponível no catálogo a partir desta sexta-feira (24)

Juliana Maia

A série sul-coreana La Casa de Papel: Coreia, inspirada na premiada série espanhola “La Casa de Papel”, chega na Netflix nesta sexta-feira (24). A parte inicial da 1º temporada já pode ser visualizada na plataforma de filmes e seriados e conta com seis episódios. A segunda parte da temporada ainda não possui data de estreia. 

VEJA MAIS

'La Casa de Papel: Coreia' ganha novo teaser e data de estreia; vídeo
A novidade foi divulgada pela Netflix na última quinta-feira, 28

Segunda temporada de 'Round 6' é confirmada por streaming
A data de estreia não foi revelada.

Netflix lança vídeo com bastidores de 'La Casa de Papel'
Confira também curiosidades sobre a quinta temporada da série, que estreia no dia 3 de setembro

O seriado é uma aposta da Netflix após o sucesso obtido com a série “Round 6”, também produzida na Coreia e famosa mundialmente. Assim como na versão espanhola, “La Casa de Papel: Coreia” também gira em torno de um grupo de assaltantes, mascarados, que invadem a Casa da Moeda local para roubar todo o dinheiro que está guardado no local.

Assista ao trailer oficial

Como será 'La Casa de Papel: Coreia'

A direção é de Kim Hong-Sun e no elenco da série há atores conhecidos de “Round 6” como Park Hae-soo, que interpretará um dos assaltantes e fará a versão coreana do personagem Berlim.  

O ator Park Hae-soo como um dos líderes do grupo na série "La Casa de Papel: Coreia" (Reprodução / Twitter: @NetflixBrasil)

A história traz a união das duas Coreias: Norte e Sul. As regiões, que são divididas fora da ficção, tornam-se um único estado-nação e, com isso, há a necessidade de criar uma única Casa da Moeda, para produzir e circular a moeda para a população. O grupo de assaltantes vê o momento como uma oportunidade para colocar o plano em prática e roubar 4 trilhões de wons sem deixar rastros.

Enquanto que na versão espanhola o grupo que resolve entrar na Casa da Moeda usa máscaras do pintor espanhol Salvador Dalí, na sul-coreana o disfarce é feito com o uso de “máscaras Hahoetal”, que possuem uma importância cultural para o país. 

O que são as máscaras Hahoetal?

As máscaras Hahoetal ou Hahoe são conhecidas como um dos principais objetos representantes da cultura sul-coreana. Em 1964, foram nomeadas como tesouro nacional nº 121 pelo governo do país. São utilizadas desde o século 12 em cerimônias teatrais onde as pessoas utilizavam os objetos afirmando que era um pedido dos deuses; também eram utilizadas em reuniões religiosas para afastar espíritos. 

As primeiras 12 máscaras da época foram esculpidas em madeira e, hoje, restam 9 e estão guardadas no Museu da Máscara Hahoe.  Atualmente estes objetos são vistos principalmente em miniaturas vendidas para turistas e são usados como um talismã que protege quem o possui.

(Estagiária Juliana Maia, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA