Conheça Yara Castanha, a paraense que está na novela 'Mar do Sertão'

De Parauapebas, a atriz, que também é empreendedora, está em “Mar do Sertão”

Bruna Dias
fonte

A paraense Yara Castanha, entra na reta final em “Mar do Sertão”, novela das 18h da TV Globo. Interpretando Dalila, a jovem é o pivô da briga entre Vespertino (Thardelly Lima) e Mirinho (Lucas Galvino).

Atriz, modelo e empreendedora, Yara é de Parauapebas, cidade no interior do Pará, onde iniciou os seus primeiros passos na arte. O teatro surgiu na sua vida nos corais da igreja da sua cidade natal, mas foi no Rio de Janeiro que vieram os trabalhos na televisão, cinema, publicidade e teatro.

Mesmo morando fora do Pará, ela faz questão de estar sempre por aqui, inserindo seu filho na cultura paraense. Ela confessa que já desistiu de tomar o açaí fora do Estado, além de dizer que seu filho é apaixonado pelo fruto.

VEJA MAIS

image Paraenses ganham o mundo da moda nacional e internacional
Rostos de profissionais de Belém se destacam em campanhas, passarelas e trabalhos no mundo fashion

image Rainha do Calypso, do Pará e do Brasil, Joelma fala sobre a carreira em entrevista para OLiberal
Cantora faz um balanço da sua caminhada ao longo do ano e se prepara para comemorar os seus 30 anos de carreira

Formada em Artes Cênicas pela CAL (Casa de Artes de Laranjeiras), a artista escreveu o seu próprio espetáculo, chamado “Quando eu entro em ebulição”. Durante a pandemia, ela resolveu empreender e criou um espaço de beleza. Agora, Yara Castanha se prepara para lançar os seus próprios produtos de beleza.

Acompanhe o bate papo completo entre Yara Castanha e oliberal.com:

Para iniciarmos a conversa, gostaríamos de saber: como surgiu o convite para fazer a novela Mar do Sertão?

YC: A produtora de elenco entrou em contato comigo e perguntou se eu tinha disponibilidade para fazer uma participação na novela e eu de prontidão aceitei. Logo depois, quando a participação foi ao ar, ela me retornou, elogiando meu trabalho e perguntando se eu tinha interesse em estar na novela com uma personagem que se chamaria Dalila.

Você se identifica com a personagem Dalila?

YC: A personagem tem um desvio de conduta, mas eu como atriz não posso julgá-la. Entretanto, me identifico com ela no sentido de a Dalila ser leve e exalar felicidade. Eu acredito que a vida por si só já é muito séria, e no mínimo temos que ser leves e felizes.

Belém completou nesta semana 407 anos. Fale um pouco sobre a sua relação com a cidade. Quais são suas principais lembranças quando pensa na cidade?

YC: Eu lembro de Belém sempre com um sorriso de canto, de uma época muito feliz quando passei uma temporada lá a trabalho. Minha melhor lembrança é quando fui ao Ver-o-Peso, as pessoas ali estavam tão afetuosas e com um brilho nos olhos trabalhando, coisas que só encontramos no Pará.

Como surgiu o seu interesse pelas artes cênicas e a vontade de estudar no Rio de Janeiro?

YC: Eu não lembro exatamente quando, desde criança eu não pensava em outra alternativa a não ser seguir a carreira artística. Fazia aulas livres de teatro, peças na igreja, todas as apresentações de arte que aconteciam eu ali estava. Fui crescendo e tendo cada vez mais certeza do que eu desejava pra minha vida.

O Rio de Janeiro acabou sendo minha escolha porque é um lugar que tem uma visibilidade grande dentro do mercado artístico. Foi então que decidi pegar minhas coisas e tentar a vida aqui.

Quais foram as novelas que mais marcaram a sua formação como telespectadora? Que remake você gostaria de fazer, se pudesse escolher?

YC: “A Favorita” mexia com a minha imaginação, não perdia um só capítulo. Essa novela foi ao ar pouco antes de eu deixar minha cidade e vir para o Rio. E eu iria amar participar de um possível Remake de “Tieta”, imagina, seria lindo demais.

Mar do Sertão é uma novela que fala da cultura nordestina nos tempos atuais. Você se identifica com as temáticas tratadas?

YC: Com certeza, principalmente com o sotaque e as palavras, que também são usadas no Norte. Tem também a trilha sonora da novela que é um primor.

Quais são seus planos para 2023, após o fim da telenovela?

YC: Em 2023 eu quero realizar ainda mais, tanto como atriz quanto com meu trabalho no Studio, fazendo com que meus clientes sintam cada vez mais a melhor experiência por escolher meu espaço.

Todos os dias recebo feedbacks dos clientes que frequentam meu Studio, e é cada elogio lindo que eu me emociono, principalmente quando falam da energia da nossa equipe. Esse ano tenho o lançamento da minha marca de cosméticos, e eu estou muito animada para ver uma galera usando meus produtos, que vem com uma temática bem legal ao público feminino, falando sobre poder e irreverência.

Palavras-chave

Televisão
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM TELEVISÃO

MAIS LIDAS EM CULTURA