Segunda edição do 'Baile Tareando' reúne artistas da nova geração da música paraense

A música autoral paraense é o foco da apresentação no Espaço Cultural Apoena

O Liberal

A banda “Pegando a Beiracomanda na próxima terça-feira (1) a segunda edição do “Baile Tareando”, a partir das 20h, no Espaço Cultural Apoena, em Belém. O termo “tareando” significa equilibrar, ir pelas beiradas, se deixar levar pela tranquilidade. Assim, a festa tem como referência principal a cultura paraense e explora os ritmos típicos da Amazônia, como guitarrada e brega.

VEJA MAIS

Banda Pegando a Beira apresenta o 'Baile Tareando' com clássicos da música paraense
Com quatro anos de carreira, a principal proposta da banda é levar a guitarrada experimental para o público

Les Rita Pavone convida Pegando a Beira e DJ Raul Bentes
Trio de atrações fará a festa que marca a “mudança de chave” de Les Rita Pavone

Banda Pegando a Beira faz pré-lançamento de novo EP misturando guitarrada com eletrônica
Banda se prepara para lançar novo trabalho, o EP “Kumbia Loka”

Além da banda anfitriã da noite, quem também vai se apresentar é a cantora e compositora Layse e o cantor e compositor Lucyan Costa, destaques da nova geração da música paraense. A DJ Jack Sainha, presença constante no Espaço Cultural, completa as atrações do evento, com um repertório de guitarrada, brega, lambada, cúmbia e experimentações com outras estéticas musicais.

Para Layse, que participou da primeira edição, o Baile também ajuda na consolidação de novos trabalhos como o dela. “Pra nós, compositores, é importante que o nosso trabalho atinja o maior número de pessoas possível. E estar junto com os amigos do Pegando a Beira, que focam muito no trabalho autoral, é muito importante pra mostrar que estamos aí fazendo coisa nova, boa e de qualidade, respeitando as influências e fazendo esse cenário ferver da forma mais bacana possível”, afirma.

O cantor Lucyan Costa, que tem seu trabalho inspirado nos bregas das décadas de 80 e 90, também tem sido reconhecido pela importância dessa releitura. “Estar junto com amigos queridos e também mostrar nosso trabalho é fundamental pra que a gente mantenha acesa essa chama tão rica da música paraense”, conclui.

Formada pelos músicos Lelo Carvalho (guitarrista/produtor), Henrique Maia (baixista) e Mariano Júnior (baterista), a banda tem quase quatro anos de carreira, um EP e dois singles lançados. O Pegando a Beira tem como proposta a “guitarrada experimental” e curtem fazer a ponte entre o ritmo criado por Mestre Vieira nos idos de 1980 e a música contemporânea, adicionando pitadas de elementos eletrônicos, guitarras distorcidas e até outros ritmos como o reggae e o rock.

“Nossas influências são os grandes nomes da Guitarrada, como o próprio Mestre Vieira, Aldo Sena e Curica, entre outros. Porém, nós também gostamos muito de pesquisar o que tá rolando na atualidade, curtimos gravar temas que combinem com outras coisas que vão além dessa fronteira amazônica, justamente pra mostrar que a música paraense, como um todo, é universal. Então, essa mistura entre o tradicional e o moderno pode ser vista nas nossas composições”, explica Lelo Carvalho, idealizador e guitarrista do Pegando a Beira.

No Baile Tareando, a ideia é mostrar o trabalho autoral de música instrumental/experimental da banda, somar aos clássicos da música paraense, junto com as participações especiais, e fazer uma festa bem com a cara de Belém. “Estamos prontos pra reunir amigos e fãs de música e dança pra celebrar esse momento que está sendo preparado com muito carinho. Por isso, convidamos todas e todos para, junto com o Pegando a Beira, aproveitar essa noite que promete”, convida Mariano Júnior, baterista da banda.

Serviço:

O que? – Baile “Tareando” (Banda Pegando a Beira)

Quando? – terça feira (01/11 – véspera de feriado), a partir das 20h

Onde? – Apoena (Av. Duque de Caxias, 450)

Participações: Layse Rodrigues; Lucyan Costa; DJ Jack Saínha

Ingressos: R$ 15

Contato: 98553-4900

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA