Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Rapper Shaira Mona Josy apresenta sua obra no Sarau 'Corpo Poético', neste sábado (20)

O evento é realizado pelo Sesc Ver-o-Peso

Painah Silva

Hoje, 20, chega em Belém o sarau, “Corpo Poético”, com a rapper e poetisa negra Shaira Mana Josy. A programação apresenta a sexta edição do projeto “Arte da Palavra” - Rede Sesc de Leituras, realizado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), o qual conta com a participação de 138 artistas brasileiros, em eventos online e presenciais. Na capital paraense, será realizada no Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso, às 20 horas. O evento, idealizado em 2017, tem como intuito incentivar na plateia o interesse pela arte e a expressão de sentimentos através da poesia ou arte corporal. Esta edição conta com artistas, entre eles, prosadores, poetas, contadores de histórias e outros especialistas da palavra. O circuito também oferece o intercâmbio desses profissionais e o incentivo à leitura.

Shaira é um dos nomes conhecidos na capital, sendo uma das principais militantes do movimento hip-hop em Belém desde 1998. Na época, ela fazia parte da organização do movimento do gênero, a qual ajudou a criar, chamada “Identidade Humana Posse”. Mana conta que sentia a necessidade de cantar e escrever letras de rap, principalmente que retratassem a vivência feminina dentro do movimento negro. Segundo ela, a sua trajetória na música não foi fácil, principalmente no início quando tinha dificuldades para se apresentar. “Quando passei a integrar o movimento negro eu já era conhecida e surgiam muitos convites para cantar no evento dos outros coletivos de militância em Belém, mas na maioria das vezes não havia estrutura mínima para eu cantar”, diz ela. Além dos seus trabalhos na música, a poetisa é autora do livro “PoEUsia”, lançado em 2018, e que reúne 24 páginas contendo dez poesias, as quais retratam muito da própria história da escritora. A obra, segundo a autora, relembra a poesia marginal da década de 70. “É também uma forma de conscientizar a sociedade para refletir sobre temas como: violência doméstica, racismo, e sobre a Amazônia e sua diversidade”, afirma Shaira. 

Além de sua trajetória na arte, a artista é criadora do coletivo “Slam Dandaras do Norte”, o qual trabalha o incentivo à produção de poesia marginal com o protagonismo feminino, além de ser um espaço de competição de poesia com parceria dos demais Slam BR, localizados em São Paulo. 

Atualmente, a militante faz parte do movimento negro Cedenpae também é conselheira de hip-hop. 

Para o sarau, Shaira se apresentará pela primeira vez no “Arte da Palavra” e nele ela levará o trabalho de sua vida, que inclui poesias autorais, obras literárias de escritores, escritoras, poetas e performers paraenses. 

SERVIÇO: 

Arte da Palavra – Circuito Oralidades

Sarau Corpo Poético, com  Shaira Mana Josy

Data: 20/08/2022

Horário: 19h

Local: Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilhos França,

522/523 – Campina – Belém/PA)

(*Estagiária Painah Silva, sob supervisão do Coordenador de Conteúdo de Cultura, Abílio Dantas)

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA