Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Parada LGBTQIA+ volta às ruas de Outeiro neste sábado (16)

Com o apoio da Prefeitura de Belém e da Fumbel, o evento vai homenagear o brega paraense e terá atrações como a banda Xeiro Verde, além das apresentações de drags queens e DJs

Thainá Dias

Com o tema “O brega é nosso e na nossa praia, o preconceito não tira onda”, Outeiro recebe a segunda parada LGBTQI+ neste sábado (16), com concentração ás 13h no Pistão da Água Boa na Praia Grande. Coordenado pelos fundadores Henrique Fonseca e Jorge Miranda, a edição deste ano terá como madrinha a cantora Eliana Renner, conhecida como “Nega Lora”. Com o apoio da Prefeitura de Belém e da Fumbel, o evento vai homenagear o brega paraense e terá atrações como a banda Xeiro Verde, além das apresentações de drags queens e DJs.

Segundo a cantora Eliana Renner, o sentimento é de muita gratidão pela oportunidade do evento. “O sentimento é gratidão não só por participar do evento e sim por ter sido escolhida para ser madrinha, me sinto muito honrada e feliz.  Preparei um show lindo em cima do tema escolhido, porque esse evento é de extrema importância para o movimento ‘LGBTQI+’ da nossa região, a comunidade precisava ser representada e acolhida. E agora é oficial!”, destacou a cantora e madrinha do evento.

VEJA MAIS

Fazendinha: Como chegar e o que fazer na praia paradisíaca de Barcarena
Passada a movimentação do Caripi, 900 metros adiante existe um paraíso ainda pouco explorado pelos visitantes da Região Metropolitana

Confira 10 praias brasileiras lindas e baratas para conhecer no verão
Saiba quais são as 10 praias brasileiras que mais cabem no bolso e aproveite o verão sem gastar muito

Ananindeua: veja como ir, quanto custa, onde ficar e o que fazer
A dica de lazer para o final de semana paraense é Ananindeua; saiba os detalhes de como ir

Travessia para Cotijuba conta com duas viagens extras neste fim de semana
Viagens pela linha hidroviária municipal terão saída e chegada no Trapiche de Icoaraci

No Brasil, a primeira parada gay realizada foi em 1995, marcando o final da 17ª Conferência Internacional LGBT (ILGA), primeiro evento do gênero no país, atingindo cerca de três mil pessoas na Praia de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro. Na época foi convidado pelo movimento LGBT de Marcha pela Cidadania de Gays, Lésbicas e Travestis. As paradas tornaram-se hoje as maiores manifestações de massa do país, na festa da cidadania e diversidade, focadas na luta por direitos de uma população estigmatizada. 

 

Agende-se

Parada LGBTQI+ Outeiro

Data: 16/07

Hora: A partir de 13h

Local: Concentração no Pistão da Água Boa na Praia Grande

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA