Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Na França, paraense viraliza ao comer neve com ‘farinha baguda’: ‘Vai virar chibé’

Natural da Soure, na Ilha do Marajó, o influencer Wendryw Queiroz participou da live no instagram de OLiberal.com e falou sobre a saudade que sente do nosso açaí

Amanda Martins

Os vídeos produzidos pelo influencer Wendryw Queiroz estão fazendo o maior sucesso nas redes sociais. Natural de Soure, na Ilha do Marajó, o influenciador mora atualmente em Paris, na França, e tem conquistado a internet ao mostrar de um jeito bem humorado a forma peculiar de falar do paraense e o tecnobrega. Nesta quarta-feira (25), ele conversou com os seguidores do Grupo Liberal no Instagram, e dividiu os “perrengues” chiques - outros nem tanto - que já vivenciou do outro lado do mundo e falou sobre a saudade que sente do nosso açaí.

VEJA MAIS

Fenômenos das redes sociais, Yago Mapoua viraliza com ‘bordões’ e comenta ‘treta’ com ex-BBB 22
Influencer participou de live em OLiberal.com e falou sobre a suposta briga com Natália Deodato durante o desfile na Beija-Flor deste ano

‘Neymar paga mulher pra ir com ele. Como eu não vou?’, rebate Bruno Diferente sobre vida amorosa
O influencer paraense participou da "Live Camarote", no Instagram do O Liberal, na tarde desta segunda-feira (23)

Em live, João ‘The Rocha’ desmente polêmica com Bob Fllay e comenta estreia no teatro em Belém
O humorista paraense participou da “Live Camarote”, do O Liberal.com, nesta sexta-feira (20), contou um pouco da sua trajetória e comentou as polêmicas que surgem em seu podcast na web

Assista a live:

Acumulando 15,5 mil seguidores nas redes sociais, Wendryw não imaginava que um dia iria virar influencer. Tudo começou quando ele decidiu ir embora do Marajó, no Pará, com a mãe e os irmãos, em busca de novas oportunidades na França. Para matar a saudade da “terrinha”, ele começou a criar conteúdos e não parou nunca mais. 

“Teve um dia que caiu um ‘toró’ de neve e comecei a filmar. Passou um menino da rua e eu comecei a falar: "Remo ou Paysandu?”. Ensinei ele a falar "Paysandu" com aquele sotaque [de francês] e [o vídeo] viralizou com 5 mil visualizações”, relembrou. 

Tudo fica mais gostoso com farinha” é o título de um dos vídeos mais acessados de Wendryw. No registro, ele aparece dançando tecnomelody e vestido com a camisa do Pará,  enquanto a neve cai e, de repente, sugere que seria bom experimentar o “gelo” com a farinha de mandioca. “Parecia a água do açaí”, brincou sobre o sabor da neve. Veja o vídeo:

Em seu perfil, o influencer costuma criar esquetes de humor com um amigo parisiense, com quem Wendryw contracena o ensinando falar as gírias paraenses, - o que ele chama de “Escola de Malaco”. Apesar das brincadeiras, ele confessou já ter vivenciado muitos “perrengues” logo que se mudou para o país. Confira:

“Não tem um ‘lençol de rede’ para se embrulhar. Não tem farinha, não tem açaí, peixe frito. O povo não sabe o que é 'rock doido’. Por isso, quando as pessoas vêm para cá me visitar e trazem na mala o açaí, faço os meus amigos provarem. A gente junta tudo e faz o ‘pirão’”, disse, aos risos.  

(Estagiário Amanda Martins, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA