Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Musical aborda saúde mental, bullying e temas sensíveis no Teatro Waldemar Henrique em Belém

Casa de Artes Tiago de Pinho apresenta adaptação do filme "Atração Mortal" refletindo questão importantes da sociedade

Thainá Dias

Para os amantes de um bom musical, a Casa de Artes Tiago de Pinho apresenta nos dias 19, 20 e 21 de agosto, às 20h o espetáculo "Heathers", no Teatro Waldemar Henrique. Inspirado no filme "Atração Mortal", uma comédia de horror que tem o universo escolar adolescente dos Estados Unidos, a peça é dirigida por Tiago de Pinho, a direção coreográfica fica com Bel Lobato e a direção musical de Lidia Marçal e Giovanna Marçal. Com um elenco de 25 atores e atrizes encenando números tragicômicos, refletindo sobre bullying, saúde mental, entre outros temas sociais sensíveis e importantes.

Segundo Lidia Marçal, “o principal desafio do trabalho é compreender as nuances muito específicas que o musical pede. Os temas abordados são muito sensíveis e as músicas, em sua maioria, os retratam de forma muito irônica. Então o maior desafio foi fazer o elenco ficar submerso no contexto do musical e retratar de forma crível as dores de cada personagem. Trabalhar com um elenco grande sempre tem seus desafios particulares. Acredito que os meninos se empenharam e estão prontos para entregar um espetáculo muito divertido e polêmico para o público”, explicou.

Já para a coreógrafa Bel Lobato, “o espetáculo é bem desafiador, pela abordagem de temas bastante complexos e polêmicos na sua forma mais explícita e até engraçada dentro das músicas. O elenco estava apaixonado pela história, um hit no tiktok, por causa da remontagem do musical em West End. Montar ‘Heather's’ para uma turma mista de adolescentes e adultos não deixou de ter desafios, afinal estamos falando do teatro musical, da união orgânica entre canto, dança e teatro. Mas com uma equipe preparada e um elenco engajado o processo foi bastante divertido”, destacou.

Bel completa que o musical é contemporâneo e retrata adolescentes do século XX, no ano de 1989, tentando sobreviver a uma atmosfera tóxica do high school americano. “O elenco foi levado a experimentar olhares, sentimentos e emoções daqueles que sofrem e de quem pratica bullying, não sem refletir sobre esse tema, para que pudessem construir seus personagens. As coreografias tem muito de hip hop e outras danças urbanas, que é a minha área de estudo principal e por se encaixar no estilo musical do espetáculo: o rock”, concluiu. O diretor Tiago de Pinho destaca que “o musical deixa uma mensagem muito clara do quanto o bullying pode afetar o nosso psicológico visto sob a ótica adolescente”, reforçou.

 

Agende-se

Musical "Heathers"

Data: 19/08, 20/08 e 21/08

Hora: 20h

Local: Teatro Waldemar Henrique (Avenida Presidente Vargas, 645, 66017-000)

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA