Twitter registra 6,1 bilhões de Tweets sobre K-pop em 1 ano e BTS é a banda mais comentada do Brasil

BTS consolida primeiro lugar sem contar o topo da Billboard Hot 100 com o single ‘Dynamite’

Redação Integrada do Grupo Liberal

O Twitter é o lugar onde as pessoas se conectam com as suas paixões. E nos últimos 10 anos o K-pop tem sido uma das principais paixões de muitos ao redor do mundo, se consolidando como um dos principais assuntos da plataforma.

No total, foram 6,1 bilhões de Tweets relacionados ao K-pop nos últimos 12 meses. São mais de 300 tópicos K-pop (por nomes de artistas) que podem ser acompanhados na plataforma. Isso ajuda ainda mais os fãs de todo o mundo a ver imediatamente os melhores Tweets e participar facilmente da conversa global sobre seus artistas favoritos.

O Brasil está entre os países com um volume maior de conversas sobre o assunto. O país aparece na sexta colocação entre os que que mais falam sobre K-pop ao redor do mundo, ficando atrás apenas de Tailândia, Coreia do Sul, Indonésia, Filipinas e Estados Unidos.

BTS ( @bts_twt) é o grupo que vem sendo mais comentado - banda também destaque em quase todos os outros países. Eles foram os mais citados ao longo do ano, seguidos por BLACKPINK (@BLACKPINK) e GOT7 ( @GOT7Official).

BTS também aparece com as três primeiras colocações quando o assunto é música. On, Black Swan e Interlude: Shadow foram as mais comentadas no Twitter ao longo dos últimos 12 meses.

O recente sucesso de BTS com a chegada ao primeiro lugar na Billboard Hot 100 com o single ‘Dynamite’ não faz parte deste levantamento, já que pesquisa levou em conta o período de entre 1 de julho de 2019 a 30 de junho de 2020.

Mas vale lembrar que foram aproximadamente 46 milhões de Tweets relacionados ao grupo e a música Dynamite em apenas 72 horas - entre 31 de agosto e 2 de setembro -, com um total de 257 milhões de Tweets gerados desde que o título da música foi lançado no início de agosto.

"Dynamite", o primeiro single totalmente em inglês da boy band de sete membros, atingiu 33,9 milhões de execuções por streaming nos Estados Unidos e 300 mil vendas na primeira semana, de acordo com dados da Nielsen Music.

A banda também marcou o maior volume de vendas digitais em uma de semana em três anos desde a canção "Look What You Made Me Do", de Taylor Swift, de setembro de 2017. A tabela da Billboard Hot 100 singles combina dados de execuções por streaming, rádio e vendas.

Formada em 2013, a banda BTS liderou o avanço do gênero K-Pop nos Estados Unidos com músicas cativantes e animadas. O artista sul-coreano PSY atingiu o número 2 da lista Hot 110 com seu hit viral "Gangnam Style" em 2012. 

A banda também se apresentou na cerimônia do MTV Video Music Awards pela primeira vez e conquistou quatro troféus, incluindo melhor grupo e melhor grupo pop. 

Para o BTS, o sucesso mundial --com um vídeo no Youtube que já acumulou 275 milhões de visualizações-- aumenta as esperanças de conquista no Grammy -- a banda se apresentou lá neste ano ao lado do rapper Lil Nas X, mas nunca foi indicada para um prêmio.

"O Grammy é o lugar que todos os artistas sonham, e esperamos poder apresentar nossa própria performance, garantir indicações e, se possível, ganhar um prêmio", disse o líder da banda e rapper RM, de 25 anos, falando ao lado de seus companheiros de banda durante uma coletiva de imprensa online.

Os integrantes do grupo disseram que a conquista da Billboard ainda não "parecia real", lamentando não poder celebrá-la com os fãs, já que a pandemia do coronavírus os levou a cancelar uma turnê mundial.

"Todas as apresentações e shows que fizemos agora se tornaram um sonho", afirmou RM, cujo nome verdadeiro é Kim Nam-joon. "Mas ainda queremos fazer um show ao ar livre algum dia, convidando muitas pessoas e fazendo um festival em uma grande praça".

Veja abaixo a lista completa de artistas de K-pop mais comentados no Twitter:

1 - BTS
2 - Black Pink
3 - TXT
4 - EXO
5 - Monsta X
6 - Stay Kids
7 - ATEEC
8 - GOT7
9 - Twice
10 - Loona

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA