Samba de Filó Machado ganha versão luxuosa de Zarabatana Jazz Band

O arranjador Ziza Padilha assina a versão, direção de áudio e vídeo e mixagem

Enize Vidigal

O cantor, compositor e arranjador paulista Filó Machado convidou o público a interagir com os áudios e vídeos do novo songbook dele. O músico paraense Ziza Padilha, fã do artista, atendeu ao chamado em grande estilo e fez uma nova versão ao samba “Quatro Espíritos” com a orquestra Zarabatana Jazz Band e as participações da cantora Dayse Addario, da maestrina Cibelle J. Donza e do músico Luiz Pardal, além do saxofonista amazonense Ênio Prieto. A versão audiovisual conquistou Filó, que lançou nas redes sociais dele.

Nos curta no Facebook para acessar as principais notícias do dia, lives e promoções. Clique aqui

A partir dos arquivos originais de áudio e vídeo de “Quatro Espíritos”, Ziza dirigiu e mixou a colaboração de 25 artistas, que gravaram as participações com cada um na própria casa, nesta fase de isolamento social. O trabalho acaba de ser finalizado após quatro meses de produção. No meio do percurso, o líder do Zarabatana conta que alguns músicos adoeceram do novo coronavírus, sendo necessário gravar individualmente com quem estivesse com saúde, à espera da recuperação dos demais.

Filó Machado demonstrou entusiasmo com o resultado: “Querido Ziza, esse vídeo é um dos melhores que pude apreciar, tá muiiito lindo, eu gostaria muito de publicar amanhã  (ele postou esta semana nos perfis pessoais do Instagram e Facebook), tá muito lindo amei”.

“Ele me mandou partituras e áudio do songbook. Escolhi a música e ele me enviou o áudio e o vídeo. Ficou muito bom. Deu trabalho! Terminei na terça (28) e mandei pra ele ver o resultado”, conta o artista paraense. “Peguei o tema original, que é um samba. Fui fazendo arranjos em cima do violão dele. O samba está na essência. Entra a Dayse fazendo vocal, músicos aos poucos, depois eu entro fazendo guitarra como solista e lá na frente entra o Pardal na gaita (harmônica) e o saxofone do Ênio com uma banda base (violão, bateria e teclados)”, descreve Ziza.

Ziza Padilha (Marivaldo Pascoal / Divulgação)

A música instrumental ganhou um ar de graça com a voz de Dayse cantarolando. Os outros músicos que participam da versão, pelo Zarabatana Jazz Band, são: Isac Almeida (piano), Adelbert Carneiro (contrabaixo), Tiago Belém  (bateria),  Bila Boy (percussão), Rafael Oliva, Renato Pinheiro, Jefinho Alves, Felipe Ricardo e Marcelo Cardoso (saxofones), Gerson Levi e Anderley  Canuto (trompetes) e Benedito  Júnior (trombones). Além da guitarra, Ziza também assumiu o violão e fez a mixagem da música.

Ainda, o líder do Zarabatana Jazz Band editou um vídeo com cada músico tocando e cantando da própria casa. A imagem de Filó Machado ao violão é mantida durante todo o clipe à esquerda da tela, enquanto os músicos vão surgindo aos poucos.

“Filó Machado é um baita músico, do mundo já”, admira-se. Ziza já havia homenageado o compositor paulista anteriormente com a música “Cortina de Filó”, de autoria do próprio Ziza, que foi gravada no DVD do Zarabatana Jazz, de 2010. Os dois se conheceram pessoalmente quando ele veio fazer um show em Belém.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA