Nilson Chaves lança novo álbum 'Segue o Barco' em show no Theatro da Paz

O espetáculo tem as participações especiais de Ceumar, Patrícia Bastos, Simone Almeida e Lucas Lima

Enize Vidigal
fonte

Nilson Chaves chegou aos 70 anos em plena produção musical. Após lançar um museu virtual com a sua obra completa e dois singles abrindo alas para o álbum (“Porque soube que tu vinhas” e "Segue o Barco", sendo o segundo com videoclipe), o cantor e compositor apresenta, finalmente, o projeto completo de “Segue o Barco” com 12 faixas inéditas, em um show especial no Theatro da Paz, neste sábado, 15, às 20h. Entre os artistas convidados, Ceumar, Patrícia Bastos, Simone Almeida e Lucas Lima.

Os ingressos para o show estão à venda. “Segue o Barco” será disponibilizado em todas as plataformas digitais e também contará com versão física em formato de CD.

Ouça aqui.

“Segue o Barco” chega três anos após o lançamento do álbum anterior, “Silêncio do Infinito”, projeto em parceria com o poeta carioca Felipe Cerquize, cujo lançamento coincidiu com a internação do artista paraense, por covid, no hospital de campanha do Hangar Centro de Convenções. “Esse novo álbum é bem otimista, como se fosse uma celebração da vida, de seguir em frente com fé sempre”, define.

“Segue o Barco” brinda a recuperação de Nilson, que foi intubado e ficou em estado grave, mas se salvou e voltou a tocar, a cantar e a compor. “O disco tem essa coisa positiva, pra cima. A fé e a esperança aparecem, inclusive, na faixa-título”, detalha.

O álbum conta com quatro participações de primeira grandeza com as quais Nilson fez duetos: com Flávio Venturini em “Nem sempre é tarde” (Nilson); com o cantor e multi-instrumentista Lucas Lima, marido de Sandy, em “Zabelê” (Nilson e Rogério Batalha); com Leila Pinheiro em “Íris” (Nilson com Alfredo Guimarães Guimarães Garcia); e com Simone Almeida faz duo com o artista em “Recomeçar” (Nilson, Batalha e Carlos Di Jaguarão).

Nilson traz novas parcerias nesse projeto, com os escritores e poetas paraenses Max Reis (”Meio tom”) e Alfredo Garcia, além de Di Jaguarão, do Rio Grande do Sul, Batalha, do Rio de Janeiro, Chico Chagas (“O amor sempre em mim”), do Acre, Osmar Lazarini (“Das mangueiras”) e Zé Edu Camargo, de (“Fera Belém”), ambos de São Paulo. Além de repetir algumas conhecidas parcerias, como a de longa data com o paraense Joãozinho Gomes (“Com Cristo a Sós”), com quem fez o clássico “Sabor Açaí” e outras, e a mais recente, com o cantor e compositor Allex Ribeiro, de Bragança ("Porque soube que tu vinhas"). Nilson assina sozinho a faixa-título e “Nem sempre é tarde”.

O álbum que tem a direção musical do próprio Nilson e a direção artística de Pedro Vianna. “Nilson tem uma obra central na construção estética da identidade musical amazônica, contribuindo de forma determinante para borrar as fronteiras entre regionalismo e world music, ao ressignificar musicalmente os referenciais rítmicos e poéticos das diversas expressões artísticas da cultura popular da Amazônia”, destaca Vianna.

Personalidade emblemática da música nortista, Nilson Chaves contabiliza 27 álbuns lançados com 900 mil exemplares vendidos.
image Nilson Chaves traz novas e consolidadas parcerias . (Carlos Borges/ Divulgação)
Show

O espetáculo que apresentará as músicas do novo álbum contará com os mesmos arranjos e músicos da gravação do projeto, além de versões novas dos grandes sucessos de Nilson Chaves.

“Esse momento celebra o milagre, o amor, a vitória da saúde. Me sinto premiado com esse projeto. ‘Segue o barco’ representa isso: vamos em frente, brindando a vida, brindando parceiros antigos e novos parceiros. Esse projeto é uma vitória do carinho, da vida, da energia positiva”, comemora.

Participam do espetáculo as atrações nacionais Ceumar e Patrícia Bastos, que não estão no álbum, mas estarão no show, assim como Lucas Lima, e a cantora paraense Simone Almeida, que participaram no disco. O show traz ainda os músicos Adelbert Carneiro (baixo), Edvaldo Cavalcante (bateria), Davi Amorim (guitarra), Márcio Jardim (percussão), Erivelton (teclado) e Tiana Almeida (vocal).

O projeto "Segue o Barco" tem patrocínio master do Grupo Líder, através da Lei Semear, Fundação Cultural do Pará e Governo do Estado do Pará. O patrocínio é do Banco da Amazônia, através do Ministério da Economia. A Coordenação Geral do projeto é de Narjara Oliveira, direção artística de Pedro Vianna e direção musical de Nilson Chaves. A iniciativa tem a produção executiva de Senda Produções.

Agende-se:
Show "Segue o barco"

Dia: Sábado, 15

Hora: 20h

Local: Theatro da Paz

Ingressos à venda no site ticketfaci.com.br e na bilheteria do teatro.

Música
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA