Geraldo Azevedo canta os sucessos em live no domingo, 31

Com mais de 50 anos de carreira, ele lançou sucessos que integram o repertório da memória afetiva de gerações

Redação Integrada

Geraldo Azevedo apresenta a live show "Voz & Violão", em formato intimista, com sucessos e músicas inéditas, no domingo, 31, a partir das 19 horas, no projeto #EmCasaComSesc, que será transmitido pelo canal do Sesc SP no YouTube e pelo Instagram @sescaovivo.

O cantor, compositor e exímio violonista passeia por cinco décadas de composições, apresentando desde sucessos do início da carreira, como "Táxi Lunar" (Geraldo, Alceu Valença e Zé Ramalho), "Bicho de Sete Cabeças" (Geraldo, Ramalho e Renato Rocha) e "Caravana" (composição solo), até canções do seu último álbum, o recém-lançado "Solo Contigo".

"Estou me acostumando com a ideia de tocar para uma plateia virtual. É uma experiência interessante levar minha música pra dentro da casa das pessoas.", declara Geraldo Azevedo.

Trajetória 

Da árvore criativa de Geralçdo Azevedo, formada de harmonias sofisticadas da bossa-nova e ritmos pulsantes da música latina, ele gera belos frutos de líricas canções de amor, como "Dia Branco" (Geraldo e Renato Rocha), que completou 40 anos de lançamento em 2019, e números caribenhos swingados, como "Veneza Americana" (Geraldo e Carlos Fernando), e ritmos que cantam o sertão e o folclore nordestino, como "Morena Linda Flor" (Geraldo Azevedo e Geraldo Amaral).

A estensa discografia dele inclui trabalhos solo e parcerias de sucessos como em "O Grande Encontro" (1, 2, 3 e 4) ao lado de Alceu Valença, Elba Ramalho e Zé Ramalho, e em "Cantoria" (1 e 2), com Elomar, Xangai e Vital Farias.

 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA