Baiano Paulo Fraval lança álbum “O poder que a bixa tem” com produção de paraense

Proefx colocou misturas de punk, pagode, tecnobrega e cumbia colombiana em repertório autoral de artista

Bruna Dias
fonte

O cantor e compositor Paulo Fraval lança seu primeiro álbum “O poder que a bixa tem” hoje, 28, mostrando toda a sua diversidade musical das periferias brasileiras com as influências rítmicas dos mais de 50 países por onde passou, tendo como ponto de partida as afetividades LGBTQIA+.

Paulo Fraval é baiano radicado em Londres, mas no repertório deste álbum, com 10 canções autorais, ele mostra as suas vivências e inquietudes, destacando a legitimação de identidades, acolhimento às pluralidades e reverenciando o universo feminino e afeminado. Ao mesmo tempo ele critica com humor e ressignifica expressões pejorativas de toda uma estrutura machista e preconceituosa que violenta corpos fora da heteronormatividade.

"Cada faixa narra vivências de personagens que abraçam o feminino, utilizando-o sempre em primeira pessoa, vestindo-se de liberdade para vivenciar suas identidades com fluidez, leveza e sem culpa”, ressalta Paulo.

Uma mistura amazônica é encontrada nesse trabalho. O pop dançante e com fortes bases eletrônicas, o álbum passa pelo pagode baiano, tecnobrega paraense e a cumbia colombiana, entre outros ritmos latino americanos. O álbum produzido pelo DJ paraense Proefx e traz bastante referências da musicalidade amazônica.

“O Proefx é de Belém, cidade pela qual sou completamente apaixonado e já visito regularmente há mais de dez anos. O Pará é uma fonte inesgotável de riquezas culturais e não é à toa que meu disco traz bastante referências da música paraense. O brega, as aparelhagens, a guitarrada… Tenho muito amor e respeito pela cultura e por tudo o que é produzido aqui. Costumo dizer que nasci no Nordeste, meu coração e paladar sem dúvidas são paraenses”, disse o artista.

A parceria de Paulo Fraval com Proefx é antiga. “Eu fui apresentado a ele através de um amigo em comum que me indicou, pois o Fraval estava precisando de um produtor do Norte do Brasil para produzir um single com uma pitada de tecnobrega daí produzi esse single o resultado foi tão legal que ele me contratou para produzir o disco todo”, relembra o paraense.

O produtor musical e DJ já soma quase 30 anos de carreira. Ele produziu vários artistas locais e nacionais e tem 5 discos autorais lançados. Para este trabalho com Paulo Fraval, Proefx misturou vários estilos, principalmente os encontrados no Norte e Nordeste.

“Falar da nossa Região não é simplesmente um fator musical e sim também uma pauta sócio cultural pois a música caracteriza toda a nossa existência dentro do território nacional e muitas vezes nós artistas somos porta voz de pautas necessárias, para levar informação para os consumidores de nossa arte. Esse disco do Paulo Fraval traz muito disso, é divertidíssimo mas bastante político ao mesmo tempo”, explica o paraense.

Música
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA