‘Me equivoquei’: Gustavo Mendes admite erro sobre denúncia de assalto

Conhecido por imitar a ex-presidente Dilma Rousseff, Gustavo Mendes muda relato sobre ocorrido

O Liberal
fonte

O ator e comediante Gustavo Mendes, conhecido por imitar a ex-presidente Dilma Rousseff, publicou um vídeo nas redes sociais em que alega nova versão sobre os acontecimentos da madrugada do dia 5 de janeiro, em Juiz de Fora, Minas Gerais, quando foi atingido por pedradas. O ator havia afirmado à Polícia Civil que fora vítima de uma tentativa de assalto, mas mudou o relato, conforme explica no vídeo divulgado.

Para os oficiais, Gustavo Mendes chegou a dizer que seus agressores, um homem e uma mulher, teriam realizado uma tentativa de assalto. E, também, afirmou que o casal fingiu estar armado. Nas redes sociais, no entanto, o ator não falou sobre assalto, apenas que foi agredido e que tomou pontos por causa dos ferimentos.

VEJA MAIS

image Polícia afirma que humorista agredido foi vítima de lesão corporal e não de tentativa de assalto
Gustavo Mendes declarou ter sido agredido por um homem durante uma tentativa de assalto, mas, delegado do caso afirma que o humorista teria discutido com o agressor momentos antes

image 'Dilma': humorista é agredido em Juiz de Fora; veja o vídeo
Gustavo Mendes, conhecido por imitar a ex-presidente Dilma Rousseff, precisou levar pontos na cabeça após ser atingido por uma pedra.

image Gustavo Mendes, imitador de Dilma Roussef, está namorando fã mineiro
Casal, que se conhece há três anos, completou um mês de namoro

Após câmeras de segurança mostrarem o momento da agressão, em que o agressor pega duas pedras do chão e as atira, o delegado afirmou que o humorista poderia ser processado caso fosse provado que ele cometeu falso testemunho no depoimento. A defesa do humorista, por outro lado, não confirmou a tese do assalto, mas também não a descartou.

Em vídeo, nesta terça-feira (17), Gustavo Mendes afirma que o grau de embriaguez em que se encontrava no momento da agressão foi responsável pela “confusão” na hora de compreender e relatar o transcurso dos fatos.

“Não lembrava de ter encontrado com a mulher desse rapaz que me atacou. Segundo imagens do inquérito uma mulher me parou às quatro da manhã para pedir dinheiro, maltrapilha, andarilha mesmo”, disse o Gustavo Mendes. 

Perguntado se teria dinheiro, ele afirmou que tinha, mas que não daria. A mulher chamou o marido, para “tirar satisfação”. O casal ficou com raiva da resposta, segundo Mendes, mas “não eram ladrões”. “Tanto que estou tranquilo com meu celular, não tem nada de roubo. Mas quando ele veio pra cima de mim tirar satisfação, botou a mão debaixo da camisa. Realmente achei que fosse uma tentativa de assalto naquela hora”, explicou.

O casal atirou as pedras. “Fato é que eu me equivoquei nessa denúncia, mas eu fui vítima dessa agressão, eu sofri essa agressão, eu poderia estar morto a essa hora. A violência é um problema grave. Me julgar por eu ter me equivocado com os fatos é uma burrice. Eu tomei um trauma na cabeça e quero que fique tudo esclarecido, porque nada é mais importante do que a verdade”, afirmou o comediante.

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA