Marcos Mion pede paz e promete resolver ataques de Léo Lins na justiça

A confusão começou após as ofensas do humorista Léo Lins contra os autistas

Redação Integrada

Marcos Mion usou as redes sociais nesta quinta-feira (24) para se pronunciar sobre a polêmica das ofensas do humorista Léo Lins contra os autistas.

"Energia ruim gera energia ruim. Peço, de coração, que os ataques cessem. O que tiver que ser feito, que seja feito da forma eficiente, na justiça, no silêncio, sem exposição e agressividade. Dos dois lados.

A @fatimadekwant e a @reunida.autismo estão em cima de tudo. E estão me reportando.
Comunidade, precisamos de paz até para lutar. Se perdemos o respeito, nos tornamos iguais ou piores que nossos agressores. Se perdemos o respeito, não podemos exigi-lo. Nossa batalha não é fácil, eu sei, mas temos que agir com razão para não colocar em dúvida tudo que conquistamos.
O que tiver que ser feito, será. Na justiça. Não se preocupem. Vamos manter a paz.
#AutismoNãoÉAdjetivo". 

O apresentador,  pai de Romeo, de 14 anos, que tem autismo, acha que "quanto menos palco, melhor" para esse tipo de coisa, mas que como a comunidade autista pediu que ele falasse, resolveu fazer o desabafo, pedindo por paz. 

 

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA