Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jean-Luc Godard recorreu ao suicídio assistido, afirma jornal

'Ele não estava doente, estava simplesmente exausto', disse uma fonte próxima do cineasta

Painah Silva

De acordo com o jornal Libération, Jean-Luc Godard teria recorrido ao suicídio assistido. O cineasta franco-suíço morreu nesta terça-feira, 13, aos 91 anos.

Segundo informações, uma fonte da família de Godard afirmou: "Ele não estava doente, estava simplesmente exausto". "Foi uma decisão dele e é importante que se saiba", completou a fonte ao jornal. Ainda de acordo com o Libération, outra fonte teria confirmado a informação. A família ainda não se manifestou oficialmente sobre o assunto.

VEJA MAIS

Cineasta francês Jean-Luc Godard morre aos 91 anos
Jean-Luc Godard ficou conhecido por ser pioneiro da Nouvelle Vague, um dos mais importantes movimentos artísticos do cinema mundial

Conheça 10 filmes importantes do cineasta Jean Luc-Godard
O diretor francês faleceu nesta terça-feira (13), aos 91 anos

[[(standard.Article) Com 'Imagem e Palavra', aos 88 anos, Godard segue autor lúcido e provocativo]]

Na Suíça, local onde o cineasta morava, o suicídio assistido é legalizado, desde que o paciente não tenha ajuda de terceiros no momento da morte.

Em comunicado, a mulher de Godard afirmou que ele "morreu pacificamente em casa, cercado por entes queridos".

Carreira

O cineasta iniciou a sua carreira como crítico de cinema. Depois, passou a produzir filmes e documentários experimentais.

Entre seus trabalhos mais conhecidos, estão "Acossado" (1960) e "O desprezo" (1963), estrelado por Brigitte Bardot. Além de filmes como "Viver a Vida" (1962), "Alphaville" e "O Demônio das Onze Horas", ambos de 1965, "Week-End à Francesa" (1967), "Carmen" (1983), "Eu Vos Saúdo Maria" (1985) e "Adeus à Linguagem" (2014).

(*Estagiária Painah Silva, sob supervisão do coordenador de Conteúdo de Cultura, Abílio Dantas)

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA