Festival Ambienta traz música instrumental do GEM e Trio Manaria

A apresentação será no Teatro Gasômetro, dia 14 de outubro

Bruna Lima

A 2ªedição do Festival Ambienta - Música, Arte e Meio Ambiente vai proporcionar ao público paraense uma vasta programação em três dias de evento. No dia 14 de outubro, a programação é dedicada à música instrumental com os shows do Grupo Experimental de Música (GEM), de São Paulo e o Trio Manari, do Pará. A apresentação será no Teatro Gasômetro.

O Trio Manari, já conhecido pelo público da capital e do Estado, e Grupo Experimental de Música (GEM), que vem diretamente de Santo André, no ABC Paulista, os integrantes aterrissam em solo paraense para mostrar a mistura de música, lutheria e artes visuais de seu trabalho. Materiais reciclados do cotidiano urbano também são base para a construção de seus instrumentos musicais, que compõem instalação sonora própria e integram a performance do grupo.

O GEM criou sua primeira instalação sonora em 2003. Sete anos depois, partiu para a segunda e, já em 2019, chegou à terceira e nova instalação sonora. Tem como eixo a promoção da arte integrada aos valores de preservação ambiental, através da reutilização de matéria-prima descartada, encontrada no cotidiano urbano. Além de performances ao vivo, o grupo também realiza oficinas de instrumentos musicais com utilização de materiais alternativos; exposições e trilhas sonoras para cinema, dança e teatro.

Já o Trio Manari, desde 2000, mergulha na sonoridade amazônica para retirar do universo do negro, dos povos indígenas, do Caboclo Marajoara e de suas crenças e lendas o material sonoro para a releitura de canções populares. Além de atuar no meio artístico, o grupo ministra oficinas de percussão, em que teoria musical e manipulação de instrumentos são ensinadas para jovens e adultos em vários projetos dentro de Belém. Os ritmos tradicionais da região como o Carimbó, o Lundu e o Samba de Cacete, viram objetos de estudo para os alunos, que são estimulados a criar uma sonoridade própria a partir deles. 

O Ambienta também traz uma série de atividades que envolvem o meio ambiente, como um dia de limpeza, na Ilha do Combu, e oficinas com uso de latas e material reciclado.

A programação começa no dia 13, com a ação de limpeza com voluntários no Combu; a oficina Elaboração de instrumentos feitos com material reciclado, com o oficineiro Zet; e a oficina Arte na Lata, com o oficineiro Renato Rosas. Também no mesmo dia, o Festival realiza o Fórum Ambienta, com a palestra “O desafio das grandes reportagens na Amazônia”, ministrada pelo jornalista convidado, Chico José.

Festival Ambienta

14/10

Shows musicais no Teatro Gasômetro:

Grupo Experimental de Música (GEM) (SP).

Trio Manari 

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA