Famosos contam histórias para crianças hospitalizadas

Projeto da plataforma 'Viva e Deixe Viver' conta com nomes como Isabela Fiorentino, Antonio Fagundes, Giovanna Antonelli, Cláudia Raia, Emicida, Sophia Abrahão, entre outros

Redação Integrada do Grupo Liberal

Isabella Fiorentino vestiu o pijama de cetim, ligou o celular em casa e gravou uma história para crianças hospitalizadas. Assim como Arlindo Grund, seu colega do Esquadrão da Moda, programa exibido no SBT, ela aceitou convite da Associação Viva e Deixe Viver para participar do projeto Viva Personas. Eles tentam, assim, minimizar o impacto causado pela pandemia, que afastou os 1,3 mil voluntários de entrar em 86 hospitais para contar histórias às crianças e jovens internados.

"Por Enquanto Eu Sou Pequeno", de autoria do escritor Pedro Bandeira, foi a história escolhida por Isabella Fiorentino. A obra reúne os mais divertidos versinhos para a introdução da poesia no universo de quem ainda está se alfabetizando. O vídeo, disponível a partir desta quarta-feira (12), também poderá ser visto por crianças isoladas em casa no site Bisbilhoteca Viva.

 

 

Além dela e de Arlindo Grund vestido de Pokémon, as crianças ainda poderão se divertir com histórias contadas por personalidades como Antonio Fagundes, Giovanna Antonelli, Cláudia Raia, Jarbas Homem de Mello, Emicida, Sophia Abrahão, entre muitos outros.

 

 

A idealização do Viva Personas começou quando o grupo de 1,3 mil voluntários da entidade se viu impedido de entrar em 86 hospitais espalhados pelo país para contar histórias às crianças e jovens internados. Essa atividade, que em agosto completa 23 anos, foi interrompida pela pandemia e as crianças, agora também isoladas em casa, ficaram ainda mais sozinhas.

Para multiplicar o alcance da ação e transmitir carinho, afeto e esperança a todas as crianças e famílias brasileiras, os vídeos ficarão disponíveis por tempo indeterminado no site Bisbilhoteca Viva.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA