Estação das Docas promove programação especial para celebrar Círio 2020

O Projeto Círio na Estação começa na quarta-feira (23) e vai até o final de outubro.

Bruna Lima com informações assessoria Estação das Docas

O Círio 2020 passa por um intenso trabalho de reformulação e ajustes, pois com a pandemia do novo coronavírus a direção da festa e várias instituições precisaram fazer alterações bruscas na agenda. Mas como a festividade faz parte da cultura e da vivência do povo paraense, a Estação das Docas resolveu manter e até ampliar uma programação especial voltada para a festividade.  O Projeto Círio na Estação começa na quarta-feira (23) e vai até o final de outubro.

O projeto Círio na Estação 2020 é uma extensa programação que contará com a exposição da Corda Oficial do Círio, além de outros importantes símbolos como berlinda, carros de promessas e fotografias. Apresentações teatrais, oficina, shows, corais, missas e vídeo mapping também fazem parte da festividade, que abrange ainda a venda de comidas típicas e artigos religiosos.

O projeto iniciará com a exibição da Corda Oficial do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, que ficará exposta no Armazém 2 do complexo, no período de 23 a 30 de setembro, das 10h às 23h. É o segundo ano consecutivo da mostra, possibilitando que paraenses e turistas contemplem um dos mais importantes símbolos da fé paraense.

Atrações

A programação continua no período de 1 a 31 de outubro e o clima do Círio tomará conta do complexo. Serão contemplados os espaços do Armazém 3, Teatro Maria Sylvia Nunes, Escadarias Centrais, Orla e o Anfiteatro São Pedro Nolasco. 

A exposição do fotógrafo Bob Menezes está dentro dessa programação do Armazém 3, que tem acesso gratuito, e ele explica que o trabalho é uma coletânea de 19 anos de cobertura do Círio. Já que desde 2001 ele acompanha a festividade e registra detalhes, berlinda, promesseiro e demais símbolos e situações que estão inseridos no contexto do Círio.

“Até 2000 eu acompanhava o Círio na corda, mas em 2001 passei a fotografar e não parei mais. Esse ano vai completar 20 anos de cobertura. Eu tenho 60 anos de idade e a festividade sempre fez parte da minha vida desde criança, pois até hoje lembro que meu pai me levava para ver a procissão”, destaca o fotógrafo.

Com relação ao Círio 2020, Bob Menezes disse que vai marcar presença como todos os anos às 5h30 da manhã na Igreja da Sé. “Será um Círio diferente e histórico. Talvez até com mais fé, vamos ter consideravelmente um menor número de pessoas, mas acredito que teremos mais fé. E é isso que importa e eu como fotógrafo quero registrar esse momento”, completa Bob. Além da exposição fotográfica, Bob também irá ministrar oficina de fotografia.

Vai ter também mostra de mantos, berlinda, brinquedos de miriti, carros de promessas e todos os itens que foram utilizados durantes procissões da trasladação e Círio de anos passados; vídeo mapping com projeção nas charmosas vidraçarias do complexo, de momentos marcantes dessa grande festa, considerada por muitos o natal dos paraenses; apresentações musicais de artistas locais e peças de teatro dentro do Teatro Maria Sylvia Nunes; Corais irão entoar cantos marianos nas escadarias centrais e na orla do complexo; haverá realização de missas, além de estandes que irão comercializar comidas típicas, artigos religiosos e artefatos de miriti.

“A Organização Social Pará 2000 assegura que, em razão das condições atípicas deste ano, continuará obedecendo aos protocolos sanitários de segurança, tendo como objetivo principal prezar pela saúde dos devotos, além de garantir a todos uma excelente experiência, mas de maneira segura. Agradeço pelos parceiros que, mais uma vez, tornaram este evento possível. Esperamos continuar trazendo conforto e alento aos corações dos fiéis com este projeto”, disse o diretor presidente da Organização Social Pará 2000, Antônio Sobrinho.

“Este ano a gente amplia a parceria da exposição da corda e realiza um mini arraial, levando ao devoto um ambiente de Círio, permitindo viver essa emoção através da exposição de diversos ícones. E para nós é muito importante, pois fomentará o aspecto comercial e cultural, permitindo atender os permissionários que costumavam trabalhar no Arraial de Nazaré, além de ser mais uma opção para os turistas e paraenses, inclusive com realização de missas”, comenta Albano Martins, coordenador da Diretoria da Festa de Nazaré.

A programação completa com data e horários estarão disponíveis nas redes sociais da Estação das Docas.

A OS Pará 2000, salienta aos visitantes da programação a importância de seguirem os protocolos de segurança e manterem o distanciamento social para evitar a disseminação da Covid-19. Para entrada no local é obrigatório o uso de máscara.

O Projeto Círio na Estação é uma correalização da Organização Social Pará 2000 e das Diretoria da Festa de Nazaré, Diretoria de Arraial, Diretoria de Decoração, com apoio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e Fundação Cultural do Pará.

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA