Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Deputada denuncia Wesley Safadão por erotização infantil após vídeo com a filha

A publicação repercutiu negativamente, gerando muitas críticas no próprio perfil do artista

Bruna Lima

Wesley Safadão virou alvo de representação no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) por suposta erotização infantil em um vídeo publicado pelo cantor com a participação da filha Ysis, de 8 anos.

A gravação foi feita para divulgar "Macetando", música que faz referência ao ato sexual, e postada na rede social do artista no dia 17 de julho.

VEJA MAIS

Safadão retorna aos palcos com apresentação em Salinas
Cantor ficou cerca de um mês parado para tratar um problema de saúde

Wesley Safadão deixa o hospital após alta
Na sua segunda internação, cantor passou por uma cirurgia às pressas, para a retirada da hérnia de disco que o afligia.

De acordo com a revista Quem, a publicação repercutiu negativamente, gerando muitas críticas no próprio perfil do artista. "É sério isso?", "macetando, significado: fazer sexo. Que cultura viu, apelou!", "olha a letra dessa música!", "absurdo" e "Não à erotização infantil" foram alguns dos comentários deixados pelos internautas no post de Safadão.

Ao tomar conhecimento da viralização do vídeo, a deputada federal Eliza Virgínia (PP) denunciou o cantor a Maurício José Silva Cunha, Secretário Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Mulher de Safadão rebate bailarina: 'nunca troquei nenhuma palavra com ela'
Thyane Dantas se pronunciou sobre o suposto pedido feito a dançarina para ficar longe de Safadão

"Ficamos horrorizados. Minha bandeira é lutar contra a exploração sexual e o abuso infantil. E, no vídeo, o Wesley Safadão canta e dança com a filha de oito anos uma letra de música que fala sobre sexo explícito. Ele faz apologia à pedofilia. As crianças assistem ao vídeo e querem dançar também. Às vezes os pais nem prestam atenção às letras das músicas. Hoje em dia, tem criança que não sabe ler nem escrever, mas já sabe falar sobre sexo. Isso não pode ficar assim. As crianças estão sendo erotizadas", afirma.

Procurado pela Quem, o cantor se manifestou através de sua assessoria de imprensa, que afirmou que ele não foi notificado nem intimado e não irá comentar sobre o assunto. "Até o presente momento, o artista não foi notificado ou intimado e não se pronunciará sobre o caso", diz a nota enviada à reportagem.

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA