Cortado da disputa em 2020, 'Bacurau' pode garantir indicação ao Oscar 2021; entenda

Filme de Kleber Mendonça Filho e Júlio Dornelles pode ser beneficiado por novas regras da academia

Redação Integrada

O filme brasileiro "Bacurau" chegou aos cinemas do país em 2019. Mas mesmo com uma campanha de sucesso e prêmios em festivais internacionais, o filme acabou não sendo o escolhido pelo Brasil para representá-lo na corrida pela estatueta mais cobiçada do cinema.

Mas uma nova porta parece ter aberto para que o elogiado filme de Kleber Mendonça Filho e Julio Dornelles, tenha a chance de chegar à premiação. Isto porque "Bacurau" só chegou às salas de cinema dos Estados Unidos em março deste ano, e com as novas regras da Academia, estão elegíveis as produções estrangeiras que ficaram em cartaz em Los Angeles durante, pelo menos, uma semana deste ano. A informação é do jornal O Globo.

Desde a chegada a terras norteamericanas, o filme brasileiro vem sendo bastante elogiado; e o barulho que os filmes fazem entre a crítica costumam chamar a atenção da Academia. Depois da estreia, veículos como o The New York Times e The Guardian já chegaram a elogiar o longa, o incluindo até em listas de melhores do ano.

A possibilidade de fazer "Bacurau" chegar ao Oscar acabou se tornando uma meta para a distribuidora americana Kino Lorber, responsável pela distribuição do longa brasileiro em terras americanas. Em 2019, "Bacurau" perdeu as chances de ser indicado ao Oscar depois que o Brasil escolheu "A Vida Invisível", de Karim Aïnouz, para representar o país na categoria de Filme Internacional no Oscar 2020, mas o filme acabou não entrando na lista de finalistas.

Antes de chegar aos cinemas brasileiros, "Bacurau" teve uma campanha de sucesso em festivais internacionais. O filme venceu o Prêmio do Júri do Festival de Cannes, mesmo festival que premiou com a Palma de Ouro o filme "Parasita" - que veio a receber o prêmio de Melhor Filme no Oscar 2020.

Assista ao trailer internacional: 

Cinema
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA