2ª edição do Olhar Film Festival será em Castanhal e reúne produções locais e internacionais

O festival é gratuito e contará com a exibição de produções locais e de países de todos os continentes

Bruna Lima
fonte

Moradores da Cidade Modelo, Castanhal, e arredores terão a oportunidade de assistir animações, curtas, médias e longas-metragens durante a 2ª edição do Olhar Film Festival. A programação é gratuita, e contará também com roda de conversa, no período de 23 a 26 de maio, no Sesc do município. Além do formato presencial, as produções cinematográficas, também, serão exibidas no site do evento.

Para esta 2ª edição, a curadoria do evento selecionou mais de 50 filmes internacionais e nacionais, com um destaque especial para trabalhos produzidos na cidade de Castanhal, onde o evento será sediado.

Entre os filmes escolhidos estão "A Última Maria" e "Do que Sinto Saudade", do diretor Edivaldo Moura. Os curtas-metragens resgatam a história da “Cidade Modelo”, por meio de memórias vividas por importantes personagens que acompanharam o desenvolvimento do município paraense.

VEJA MAIS

image Com 'Bacurau', Festival de Cinema de Gramado anuncia programação
Evento ocorre entre 16 e 24 de agosto

image Documentário brasileiro vence festival de cinema no Caribe
A produção levou o troféu de melhor documentário no Festival Internacional de Cine del Mar Caribe

“É uma grande honra ter dois filmes selecionados, nesse espaço que promove um diálogo com cineastas de outras regiões do Brasil e outros países. De fato, é uma importante vitrine para tornar nossos trabalhos conhecidos, e dar visibilidade a nossa história local. A Última Maria e Do que Sinto Saudade, são curtas que apresentam diferentes memórias sobre a história do município de Castanhal. E apresentar essas produções em uma mostra internacional representa, sobretudo, a valorização da nossa identidade e do nosso cinema local”, pontua Moura.

Com mais de 2.500 inscrições, somadas as duas primeiras edições, o Olhar Film Festival reúne animações, curtas, médias e longas-metragens com temáticas livre, de todos os continentes, oferecendo aos participantes uma visão panorâmica da sétima arte ao redor do mundo.

Para a organização, o evento provoca novos diálogos entre produtores de audiovisual, além de promover a Amazônia como um importante polo de produção e consumo cinematográfico, como destaca Victor Rosalino, diretor do festival.

“Acreditamos que ter seis edições no decorrer de um ano potencializará todas as trocas culturais que este tipo de evento pode oferecer. Queremos diminuir todo tipo de fronteira que possa existir por meio de distância, situação financeira e idioma, exibindo filmes de todos os continentes de forma acessível tanto para os moradores das cidades que sediarão o evento quanto para aqueles que não acompanharão presencialmente”, explica Rosalino.

O Olhar Film Festival contará com mais quatro edições, até o final de 2023. E para reconhecer o talento e a criatividade dos cineastas participantes, o evento também reserva espaço para premiações dos melhores trabalhos. Em cada edição, o Prêmio do Júri e o Prêmio Olhar são os destaques, cada um no valor de R$1.000,00.

A 2ª edição do Olhar Film Festival é realizada pelo Cine de Rua, coletivo audiovisual Malacodreams, com Patrocínio de Banco da Amazônia, Governo Federal, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, apoio de Sesc Castanhal e Cine Alter.

Serviço: 2ª edição do Olhar Film Festival

Data: 23 a 26 de maio de 2023

Local: Sesc Castanhal - Av. Barão do Rio Branco, 10 – Bairro Nova Olinda – Castanhal/Pará

Hora: 15 às 21h

Entrada gratuita.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA