Brasil sai da disputa pelo Oscar com divulgação da lista de filmes pré-indicados

Entre as categorias que tiveram alguns de seus candidatos revelados, estão Filme Internacional, Documentário, Trilha Sonora, Canção Original, Maquiagem, Efeitos visuais e Curtas

Agência Estado

O Oscar 2021 definiu os filmes indicados para a sua shortlist, uma lista prévia em nove das categorias da grande premiação do cinema internacional. Apesar de concorrentes como Babenco: Alguém tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, de Bárbara Paz, nenhum filme brasileiro marcou presença entre os indicados.

Entre as categorias que tiveram alguns de seus candidatos revelados, estão Filme Internacional, Documentário, Trilha Sonora, Canção Original, Maquiagem, Efeitos visuais e Curtas. A lista final de indicados em todas as categorias será revelada em 15 de março.

A cerimônia do Oscar 2021, que será a 93ª edição da premiação, está marcada para o dia 25 de abril, no Teatro Dolby, em Los Angeles, nos Estados Unidos. São elegíveis ao Oscar 2021 filmes lançados entre 1 de janeiro de 2020 e 28 de fevereiro de 2021.

Três filmes latinos (Agente Duplo, do Chile, Ya No Estoy Aqui, do México, e La Llorona, da Guatemala) continuam na disputa, ao lado de outras 12 produções, por uma indicação ao Oscar de melhor filme internacional.

O chileno ainda está entre os 10 finalistas de melhor documentário. Na dupla indicação, também estava o representante brasileiro, o documentário Babenco - Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, de Bárbara Paz, que não se classificou em nenhuma categoria, assim como outros seis documentários brasileiros que disputavam esta categoria. Já Pedro Almodóvar está na luta de melhor curta-metragem, com A Voz Humana.

Para a indicação ao Oscar de melhor longa-metragem internacional, anteriormente conhecido como filme em língua estrangeira, também concorrem: Quo Vadis, Aida?, de Bósnia-Herzegovina; O Charlatão, da República Checa; Druk - Mais uma Rodada, da Dinamarca; Deux, da França; Shaonian de ni (Better Days), de Hong Kong; Khorshid (Sun Children), do Irã; La Nuit des Rois, da Costa de Marfim; Hope, da Noruega; Colectiv, da Romênia; Dorogie Tovarishchi (Queridos Camaradas), da Rússia; Yangguang Puzhao (A Sun), de Taiwan, e The Man Who Sold His Skin, da Tunísia.

Na semana passada, La Llorona, do diretor Jayro Bustamante, foi indicado ao Globo de Ouro de melhor filme em língua estrangeira e deu à Guatemala e à América Central sua primeira indicação para esse prêmio.

O longa recria um conto folclórico sobre uma alma penada que sai em busca de seus filhos - trata-se de uma metáfora da guerra civil da Guatemala e revela suas feridas políticas não curadas ao responsabilizar um general aposentado pelo genocídio de milhares de maias.

Por outro lado, Ya No Estoy Aquí, de Fernando Frías de la Parra, segue um grupo de jovens da cidade de Monterrey, no norte do México, cuja paixão é dançar a cumbia colombiana. O filme conquistou o último Ariel Awards para o cinema mexicano e também foi premiado como o melhor longa mexicano no Morelia International Film Festival 2019.

Agente Duplo, documentário de Maite Alberdi, segue um detetive octogenário que se infiltra em uma casa de repouso a pedido de uma cliente, preocupada com o tratamento que sua mãe recebe ali.

Entre outros reconhecimentos, o National Board of Reviewers dos Estados Unidos o incluiu em sua lista dos cinco melhores filmes estrangeiros do ano, e também foi indicado ao Spirit of Independent Film Award de melhor documentário.

As três produções latino-americanas foram recentemente nomeadas para o Prêmio Goya do Cinema Espanhol na categoria de Melhor Filme Ibero-Americano.

Quanto aos curtas-metragens, o espanhol Pedro Almodóvar pode retornar ao Oscar nesta categoria, com seu primeiro filme em inglês: The Human Voice, estrelado pela atriz escocesa Tilda Swinton, figura entre os 10 finalistas que permanecem na corrida.

Na história de 30 minutos, uma adaptação do monólogo de Jean Cocteau A Voz Humana, de 1930, uma mulher telefona para o homem que foi seu parceiro por cinco anos e agora está prestes a se casar com outra.

Cinema
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM CINEMA

MAIS LIDAS EM CULTURA