Animadora de 'O Rei Leão' e 'Pocahontas' morre aos 91 anos de coronavírus

Ann Sullivan trabalhou em uma robusta lista de filmes de sucesso da produtora

Redação Integrada

Uma das animadoras veteranas da Disney, Ann Sulivan morreu, aos 91 anos, por conta do novo coronavírus. Ela foi a terceira residente de uma casa de repouso da Califórnia a morrer da doença. De acordo com o Daily Mail, a morte ocorreu na enfermaria do Motion Picture and Television Fund, em Woodland Hills. 

"Há dias bons e dias ruins. Esse foi um dos dias ruins ", disse o CEO do grupo, Bob Beitcher, em entrevista ao Deadline.

Ann Sullivan nasceu em Fargo, na Dakota do Norte. Ela seguiu os passos da irmã, Helen, que se mudou para Califónia. Depois de estudar na Art Center College of Design, em Pasadena, ela conseguiu seu primeiro trabalho na Disney na década de 1950. 

A animadora passou um tempo longe da Disney nos anos 1970, quando teve uma rápida passagem pela Filmnation Hanna Barbera.

De volta à casa do Mickeyy, Sullian trabalhou em uma grande lista de filmes, que incluem além dos clássicos já citados, "O Príncipe e o Mendigo", "Hércules", "Tarzan", "Fantasia 2000" e "Lilo & Stitch". A animadora se aposentou no início dos anos 2000.

Cinema
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA