Nego do Borel falta em festa de 15 anos, no Copacabana Palace, e dá rombo de R$ 90 mil

Dois meses depois do evento, a família que levou o 'bolo' ainda não recebeu o pagamento do cachê e de outros gastos feitos de maneira adiantada

Redação Integrada com informações do jornal O Dia

A família da advogada Cristina Torres esperava um show do funkeiro Nego do Borel, no dia 30 de novembro de 2019, ao invés disso a família teve prejuízo de R$ 90 mil. Tudo aconteceu porque o artista faltou a apresentação particular para a festa de 15 anos da filha de Cristina, no Copacabana Palace.

A família, que já tinha pagado R$ 60 mil de cachê e gasto mais R$ 30 mil para contratar buffet e atender exigências do artista ficou sem show e sem dinheiro, quando Nego do Borel faltou a apresentação e não deu nenhuma satisfação. 

As informações foram divulgadas pela colunista do jornal O Dia, Fábia Oliveira. Para ela, a advogada informou que Nego do Borel, por meio da empresa NB Produções, foi contratado três meses antes. Os anfitriões pagaram metade do cachê adiantado, o equivalente a R$ 60 mil. A família ainda teve que atender as exigências do artista, como 14 toalhas pretas, dois camarins montados com o buffet do próprio hotel e a montagem do palco, que resultaram em um gasto extra de mais R$ 30 mil.

Apesar do prejuízo financeiro, o pior para a família foi a vergonha que passaram por não ter a apresentação principal da festa. Nego cantaria às 2 da madrugada e, uma hora depois do horário previsto, sem que ele desse notícia, um produtor de Nego do Borel chamado Dentinho se apresentou e avisou que o artista estava em São Paulo e não iria se apresentar.

Dois meses depois a família não sabe o que aconteceu e nem recebeu um pedido de desculpas do cantor. A advogada entrou na Justiça para reaver os valores gastos, mas quer também mostrar a falta de profissionalismo do funkeiro. “Foi inadmissível o que ele fez”, declarou.

A assessoria de Nego do Borel enviou um comunicado para imprensa:

"O cantor Nego do Borel esclarece que foi contratado para uma festa de 15 anos no dia 30 de novembro no Copacabana Palace, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Data em que também tinha um show a cumprir em São Paulo. Segundo o cantor, o show em São Paulo foi realizado das 22h as 23h. Sendo o deslocamento feito numa van às 23h, para o aeroporto de Guarulhos, chegando lá as 23:56.

Para o retorno ao Rio de Janeiro, a produção contratou um serviço de embarque executivo no aeroporto para reduzir o tempo de embarque. Tendo a previsão de decolagem prevista para 0h10, chegando no Rio uma hora depois, com uma van locada já à espera da equipe no aeroporto do Galeão.

Ainda de acordo com o cantor, o show no Copacabana Palace seria às 2h. Local em que sua equipe principal já o aguardava desde as 0h30. O planejamento no entanto, não se cumpriu por não cumprimento da empresa do voo fretado, que não enviou a aeronave para o aeroporto de Congonhas, mesmo já tendo o pagamento recebido. A mesma se encontrava em fretamento na cidade de Divinópolis, MG.

Nego do Borel lamenta o ocorrido e tem plena consciência do dano causado, principalmente por saber da importância que a data tem, mas já se colocou à disposição da família para resolver da melhor forma possível".

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA