Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex-BBB paraense, Hadson, deve faturar prêmio do BBB só com conteúdo adulto

Em uma semana, ele já ganhou R$100 mil vendendo conteúdo em plataforma brasileira; confira

O Liberal

Há uma semana vendendo conteúdo adulto na plataforma Privacy, o paraense Hadson Nery viu sua conta bancária aumentar. Só nestes primeiros dias, ele já faturou cerca de 100 mil e pode chegar aos 500 antes de completar o primeiro mês, ou seja, em três meses ele pode bater o prêmio de primeiro lugar do Big Brother Brasil.

O ex-BBB não é tímido quando se fala do seu corpo. Sempre valorizando sua forma física no seu perfil no Instagram, Hadson já teve inclusive alguns nudes vazados na internet. Mas o retorno financeiro tem surpreendido o ex-atleta.

VEJA MAIS

Parasense Hadson cobra R$ 199 para mostrar parte íntima em site adulto
Casado, o ex-BBB garantiu que sua mulher não se incomoda com a venda de nudes

'Estou muito mal com essa história', declara Hadson após ter nude vazado
Foto íntima do ex-brother ganhou as redes sociais e paraense se manifestou no Instagram

“Um amigo me convidou para conhecer uma plataforma estrangeira, mas eu achei tudo muito burocrático e complicado. Perguntei se não tinha uma alternativa brasileira e ele me apresentou a Privacy”. Hadson não quis participar do OnlyFans, que tem a mesma finalidade, mas é uma plataforma estrangeira.

Para o futuro, ele diz que quer investir em conteúdos leves e não pretende explorar só o lado sensual ou erótico. “Quero mostrar meu lado mais artístico, trazer conteúdos mais temáticos para as pessoas. Nada que se arrependa de ter postado depois”.

Perfil do ex-BBB no Privacy. (Reprodução)
Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA